Resenha – A última balada de Bernardo (Pedraskaen livro 2)
por Thiago
em 19/04/17

Nota: Sempre acompanhei o trabalho do Fábio Barreto pelas suas participações no Rapaduracast, podcast do site Cinema com rapadura, mas apenas mês passado fui ler seus trabalhos como escritor. Resolvi assinar o Kindle unlimited e encontrei uma gama de autores nacionais com histórias curtas, a maioria de terror, e estou gostando muito desse filão. Assim
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

3 às 3ªs – Livros do Stephen King para 2017
por Ragner
em 18/04/17

  Como decisão acertada para minha vida literária, venho tentado (e conseguido) ler mais livros do gênio Stephen King. Posso dizer que existe um universo próprio em sua escrita e o mundo de terror e suspense ganha em qualidade em suas mãos (não é a toa que vários sucessos desse gênero toma vida nas telonas).
Postado em: 3 às 3ªs

Resenha – Alguém come centopeias gigantes?
por Bruno Lisboa
em 17/04/17

Nota:   A RE/Search é uma das revistas mais anarquistas e importantes do últimos tempos. E claro: quase ninguém a conhece. Isto, em muito, se deve a escolha corajosa de dar voz e ouvidos a artistas outsiders que souberam (cada um a sua maneira) revolucionar o mundo como conhecemos. Criada nos anos 80 pelo editor V. Vale,
Postado em: Resenhas
Tags: , , ,

Resenha – O Desvio
por Thiago
em 12/04/17

Nota:   Certas vezes alguns autores independentes entram em contato conosco enviando suas obras, neste caso temos “O desvio” de Jeremias Soares. O autor já apareceu aqui no Poderoso em 2014 com “A mão de Celina”, resenhado pela Paty. Quero começar explicando minha nota, gostei muito da história mas dou apenas dois cafés. Você pode
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – O Último Santo
por Ragner
em 11/04/17

Nota:   Em minha época escolar, nunca tive um bom contato com a Literatura Nacional e lia somente o que era obrigatório na escola ou mesmo para o vestibular. Anos passaram, comecei a acompanhar o Jô Soares, me interessei pelo André Vianco (fico adiando minha incursão pela literatura fantástica brazuca, mas ainda quero bastante) e quero mais
Postado em: Resenhas
Tags: , , ,

Resenha – Uma criatura dócil
por Patricia
em 10/04/17

Nota:   Dostoiévski é daqueles autores que assustam as pessoas por sua reputação de clássico “difícil” ou algo assim. Uma criatura dócil prova que mesmo que essa reputação o persiga, Dostoiévski também sabe escrever de forma acessível. Aqui no Poderoso, já falamos sobre outra obra sua – O jogador. Em Uma criatura dócil, o autor
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Participação Especial – Um, nenhum e cem mil
por Poderoso
em 05/04/17

Por Raphael Pantet A relação entre o ser humano e seu corpo, visível ou invisível, é tema recorrente na literatura mundial a ponto de ter algumas regras de gênero – frequentemente, um acontecimento banal faz com que o personagem se descubra em decadência ou abalado por sua descoberta, e empreende uma reflexão a  respeito do
Postado em: Participação Especial, Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Cidade dos etéreos
por Bruno Lisboa
em 04/04/17

Nota:   Encontrar um estilo literário, sua própria voz, muita das vezes não é tarefa das mais fáceis. Há escritores que o definem em seus primeiros anos de labuta. Também há aqueles que buscam-no a vida inteira. E aqueles que o encontram de cara, mas não se rendem as suas próprias regras e recriam-se constantemente.
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Difficult Women
por Patricia
em 03/04/17

Nota:   Minha introdução a Roxane Gay foi através do excelente Bad Feminist – sobre o qual já falei aqui e que foi traduzido para o português e publicado pela Editora Novo Século que adicionou um sub-título bem bobinho dando um tom de ironia a um livro que tem conteúdos bem pertinentes e até sérios.
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Semana De Cinema – Kong – A Ilha Da Caveira
por Ragner
em 29/03/17

Nota:   Em 2005 foi lançado Kink Kong, um remake do original de 1933. Ao longo dos anos, rolaram outros filmes do macaco gigante, mas esse de 2005 pode ser considerado como um marco para as novas tecnologias (direção de Peter Jackson, responsável pela maravilha extraordinária que é Senhor Dos Anéis). King parecia muito realista
Postado em: Semana de Cinema
Tags: