Arquivo de 03/2015



Resenha – Clube dos corações solitários
por Bruno Lisboa
em 31/03/15

Nota: Quais são os mecanismos que nos movem ao passado? Por que sempre a maioria das pessoas gosta de retomar/reviver tempos já vividos? Quais são os sabores e dessabores que a nostalgia nos promove? Essa gama de perguntas enevoaram minha mente tempos atrás após a leitura de Clube dos corações solitários, obra de André Takeda. Gaúcho de
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Novembro de 63
por Patricia
em 30/03/15

Nota: Eu tenho certa fascinação por alguns temas. Um deles já comentei bastante aqui no blog, é a 2a Guerra Mundial. Caço livros sobre o assunto, seja ficção ou não. Um outra tema que acho extremamente interessante são os anos entre JFK e Nixon da história moderna dos Estados Unidos. Entre o primeiro presidente católico,
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Semana de Cinema – Do Underground ao Emo
por Gabriel
em 28/03/15

Nota: Demorei mas apareci! Assisti ao documentário brasileiro “Do Underground ao Emo” nessa tarde de sábado. E, para quem viveu os anos 2000 e a cena hardcore, descrevo abaixo o que é um dos registros audiovisuais mais emocionantes que já vi (independentemente da qualidade do documentário). Este é um vídeo sem muitas pretensões. O documentário
Postado em: Semana de Cinema
Tags:

Semana De Cinema – Diamante De Sangue
por Ragner
em 27/03/15

Nota:   Eis um filme que me impactou de maneira bem clara e eficientemente pesada. Pode ser uma obra de ficção, pode ser cinema e tudo o mais que confere um roteiro destinado a interpretar a realidade, o fato é que é tudo muito bem feito, que poderia muito bem se basear em fatos reais
Postado em: Semana de Cinema
Tags:

5 às 5ªs – Filmes sobre Totalitarismo e Ditadura
por Ragner
em 26/03/15

  A arte pode muito bem imitar a vida, e, assim, diversas vezes muito do que acontece em vida, pode ser representada com bastante realidade, pela arte. Alguns acontecimentos históricos já tiveram suas verdades levadas para o cinema, facilitando assim um aprendizado muito mais orgânico e até interessante. Além de filmes sobre a ditadura no
Postado em: 5 às 5ªs

Semana de Cinema – Labirinto – A magia do tempo
por Thiago
em 25/03/15

Nota: Quando criança bem pequena eu morria de medo desse filme, me dava pesadelos terríveis. Um pouco maior, mas ainda criança, era meu filme preferido, tinha vencido o medo, entendido um pouco o filme; ia na locadora várias vezes alugar o vhs, nessa época não tinha internet doméstica fácil, não tinha nem dvd e tv
Postado em: Semana de Cinema
Tags:

Semana de cinema – Interestelar
por Bruno Lisboa
em 24/03/15

Nota: Oriundo do cenário cinematográfico do final dos anos 90, Christopher Nolan faz parte do seleto grupo de diretores que conseguiram transitar entre o erudito e o popular. Descontando Following, seu primeiro e desconhecido longa, desde Amnésia, clássico lançado nos anos 2000, alcançou o que seria o seu grande trunfo: criar obras com roteiros largamente
Postado em: Semana de Cinema
Tags:

Semana de Cinema: A palestra de Monica Lewisnky no TED
por Patricia
em 23/03/15

Nota: Hoje começa a Semana de Cinema aqui no Poderoso, mas vou aproveitar para falar de algo diferente. Uma palestra recente do TED que achei incrível e que trata de um assunto bem importante: o nosso papel na humilhação pública de algumas pessoas. Não é segredo para ninguém que a internet mudou os limites de privacidade.
Postado em: Semana de Cinema

Resenha – Grande Hotel
por Gabriel
em 21/03/15

Grande Hotel Nota: E seguimos na missão de ler mulheres! Dessa vez com um clássico da austríaca Vicki Baum, escrito quando a autora vivia em Berlim, no início da década de 1930. Grande Hotel é a primeira obra de sucesso da autora e foi escrita no clima vigente entre as duas grandes guerras. A organização geral da
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – O Carrossel
por Ragner
em 20/03/15

Nota: O Carrossel parece um filme inglês. Claro que depende muito da nossa imaginação para isso, mas eu fiquei bastante envolvido com uma atmosfera graciosamente inglesa e digo que se ouvisse os personagens, poderia até sentir aquele indiscutível sotaque britânico. Página a página fui me envolvendo com palavras que, mesmo traduzidas, garantiam meu entendimento diferenciado
Postado em: Resenhas
Tags: , ,