Arquivo de 01/2016



Semana de Cinema – A grande aposta
por Patricia
em 27/01/16

Nota: 2008 viu uma das maiores crises econômicas de todos os tempos – muitos dizem, desde 1929. As notícias, provenientes principalmente dos Estados Unidos, eram tenebrosas: milhões de americanos perderam seus empregos, suas casas e passaram a viver abaixo da linha de pobreza. No centro de tudo isso, banco após banco anunciava que estava quebrado
Postado em: Semana de Cinema
Tags:

Semana de cinema – Spotlight: Segredos revelados
por Bruno Lisboa
em 26/01/16

Nota: Nos Estados Unidos, mais especificadamente a cidade de Boston, centenas de crianças foram vítimas de pedofilia no século passado. De maneira surpreendentes grande parte destas atrocidades eram acometidas por padres católicos que escolhiam a dedo suas vítimas e passavam ilesos, pois a poderosa Igreja local manipulava os envolvidos e acobertava todos os casos. Toda a rede
Postado em: Semana de Cinema
Tags:

Semana de cinema – Steve Jobs
por Bruno Lisboa
em 25/01/16

Nota: Há uma linha tênue que divide a genialidade e a estupidez humana. Há também aqueles que conseguem transitar em somente uma das esferas. Em contrapartida existem aqueles que circulam livremente entre ambas. Este era Steve Jobs. Como mentor e “maestro” (como se autoproclamava) Jobs foi capaz de criar, destruir e recriar a si mesmo
Postado em: Semana de Cinema
Tags:

5 às 5ªs – Destaques da Feira Plana
por Gabriel
em 21/01/16

Feira Plana A Feira Plana é um evento anual que acontece desde 2013 no MIS, o famoso Museu da Imagem e do Som de São Paulo. O evento reúne diversas publicações independentes, com o bem-vindo tempero de artistas, food trucks e barracas de comida e bebida artesanais. O evento este ano aconteceu em 15, 16 e 17
Postado em: 5 às 5ªs

Resenha de Quadrinho – Eu sou um pastor alemão/Eu era um pastor alemão
por Thiago
em 20/01/16

Nota:               Resolvi resenhar aqui o volume um e dois desta história de uma vez só, pois mesmo sendo duas hqs a leitura é breve e fantástica. É umas das cinco  melhores leituras que tive em 2015, não sei dizer a ordem mas ela esta no top 5 com
Postado em: Quadrinhos
Tags: , ,

Resenha – Eu, você e a garota que vai morrer
por Patricia
em 19/01/16

Nota: Eu sabia pouca coisa sobre “Eu, você e a garota que vai morrer” além de ter gostado da capa. O enredo, porém, é simples: Greg Gaines é amigo de Earl Jackson – ambos são bem esquisitos e gostam de filmes obscuros que quase ninguém conhece; e além de passarem um bom tempo assistindo a
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Hunger makes me a modern girl: a memoir
por Bruno Lisboa
em 18/01/16

Nota: A geração mais nova talvez associe o nome de Carrie Brownstein como a atriz da elogiada série televisiva Portlandia. Buscando, possivelmente, desvencilhar a imagem de comediante, Brownstein lançou em 2015 a sua aguardada autobiografia. Em Hunger makes me a modern girl a autora vocifera todas as batalhas que enfrentou desde criança e que ajudaram a torná-la no
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

5 às 5ªs – Músicas de David Bowie
por Poderoso
em 14/01/16

  Uma das maiores referências musicais, mundialmente conhecida, foi para outro plano essa semana e nós do Poderoso decidimos fazer uma pequena homenagem ao cara que soube fazer música como poucos, que soube se reinventar de maneira ímpar e que viveu sua arte e vida de maneira que pudesse aproveitar ao máximo. Bowie não parecia
Postado em: 5 às 5ªs

Resenha – Sr. Holmes
por Ragner
em 13/01/16

Nota:   O grande detetive Sherlock Holmes é sem dúvida um de meus personagens favoritos em toda literatura. Li suas principais histórias (já comentadas em uma lista publicada em nosso poderoso), resenhei um dos livros mais conhecidos (O Cão Dos Baskervilles), a versão brazuca de Jô Soares com seu Xangô e dois quadrinhos aqui e aqui.
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Gigantes: cinco amigos. Uma história
por Bruno Lisboa
em 12/01/16

Nota:   Pedro Henrique Neschling  faz parte da geração que cresceu nos anos 80 (da qual fiz parte) e que acreditava que tudo seria possível, que sonhos se realizam de maneira instantânea, que poderíamos abraçar o mundo carinhosamente e ele nos retribuiria na mesma medida. Mas a medida em que nos aproximamos da idade adulta muitas
Postado em: Resenhas
Tags: , ,