5 às 5as – Autoras contemporâneas preferidas
por Patricia
em 02/04/15

Unknown

Desde o ano passado, o Poderoso tem ‘promovido’ o #LeiaMulheres (saiba mais sobre esse projeto na página especial que dedicamos a ele). Em suma, o projeto convida a todos a, conscientemente, ler mais autoras e diversificar sua lista de leitura. Aproveitando esse gancho e o fato de que não escrevo uma lisitnha há algum tempo, aqui vão 5 das minhas autoras contemporâneas preferidas. 😀

Sem ordem de divindade. 😉

1 – Lionel Shriver: Essa é destruidora. Shriver é especialista em arrancar seu coração, quebrá-lo em pedacinhos e aí te devolver tudo para que você se vire. Sua primeira obra – Precisamos falar sobre o Kevin – é uma obra de arte. Da narração brilhante em cartas até a conclusão fatal, a autora cria personagens profundos e dinâmicos inseridos em um enredo arrebatador. Tempo é dinheiro é outro livro que gostei muito também. Mas se está começando a ler a autora, vai lá saber mais sobre o Kevin que não tem erro.

2 – J. K. Rowling: A diva mãe de vários adolescentes leitores não poderia faltar. Eu sou grande fã de Harry Potter até hoje – 15 anos depois de ter lido o primeiro livro (talvez um pouco mais). A autora provou que é muito mais do que uma cabecinha cheia de bruxos quando lançou seu primeiro livro adulto – Morte Súbita. Pessoalmente, adorei o livro e ali tem todos os elementos que fizeram de Rowling uma grande autora: bons personagens, enredo interessante e algo muito maior do que o que parece à primeira vista.

3 – Janet Malcolm: QUE autora de não-ficção! Malcolm, que é jornalista por profissão, escreve excelentes livros-reportagem e, normalmente, escolhe assuntos fora do padrão. Quando decide contar uma história real, Malcolm carrega o leitor por sua própria trajetória jornalística e, muitas vezes, nos permite espaço o suficiente para opiniões próprias sem se esquivar de encarar fatos difíceis. Recomendo muito a leitura de A mulher calada – um estudo fascinante do debate sobre os limites da biografia usando como base o caso de Sylvia Plath e Ted Hughes.

Eu não queria acrescentar nessa lista autoras das quais eu conhecia apenas uma obra, mas as duas autoras abaixo escreveram livros que me deixaram tão absorta e mesmo meses depois de ter lido as obras, ainda recomendo-os para todos.

4 – Roxane Gay: Essa foi um achado na minha vida. No começo desse ano, depois de ver todo mundo falar sobre Bad Feminist, resolvi me jogar e ler a obra da professora universitária Roxane Gay. O livro mistura todo tipo de humor e fala sobre os mais diversos temas do ponto de vista de Gay – um ponto de vista apurado, sensível e certeiro. O livro deixou marcas nas quais ainda penso; revolucionou alguns de meus conceitos e me levou diretamente a uma das minhas cronistas preferidas atualmente (sigo a autora no Twitter e acompanho seus escritos no site The Toast) Podem confiar, vale a pena descobrir mais sobre Roxane Gay.

5 – Gillian Flynn:  Fazia tempo que eu buscava uma nova autora boa de suspense/thriller/livro incrível. Quando li Garota Exemplar eu esperava mais do mesmo: um livrinho com cenas meio nervosas, mas onde tudo acaba bem e a pessoa má morre no final. Mas, minha gente…nada disso. Flynn me entregou um dos melhores suspenses que já li. Criando uma anti-vilã digna de novela mexicana, a autora inverteu os papéis e colocou uma personagem perturbada no centro de toda uma trama bem desenvolvida. O livro todo é como um nó na garganta que só passa quando você fecha o livro novamente.

E é isso. 5 autoras contemporâneas que indico de olhos fechados. 🙂

Quais são as suas indicações?

Postado em: Resenhas

Nenhum comentário em “5 às 5as – Autoras contemporâneas preferidas”


 

Comentar