5 às 5as – Capas preferidas
por Patricia
em 17/07/14

5 (1)

Eu sou daquelas que compram livros pela capa. Muitas vezes já aconteceu de entrar na livraria sem pretensão nenhuma de comprar um livro, mas uma capa me chama a atenção e aí eu fico sem muitas escolhas. O que tem acontecido muito no Brasil, é que as editoras têm optado por manter a capa original do livro e gosto bastante disso. Outro ponto a favor das editoras nacionais é que o trabalho editorial como um todo melhorou muito nos últimos anos. Eu como leitora que aprecia a arte de fazer livros, agradeço. E antes que alguém pergunte: odeio capas de livros que usam cenas de filmes. Apenas parem.

Mas vamos para a minha lista de capas preferidas:

download

1 – A saga do Tigre – Colleen Houck: li apenas os dois primeiros livros – e resenhei aqui e aqui–  dessa série (mas já estou com os outros 2). Comprei o livro sabendo zero coisas sobre a autora, o enredo, de onde saiu, para onde ia e etc. Depois de ver esse lindíssimo tigre branco na capa, com uns olhos azuis que pareciam saltar do livro, eu tinha que comprar e saber do que se tratava. Aposto que se fosse um livro sobre o dia a dia dos tigres brancos eu ainda iria comprar. O segundo livro conta com um tigre preto incrível!!! As outras duas capas são bem bonitas também, mas para mim, os dois tigres roubam a cena.

 

celebridades-gabriel-garcia-marques-livros-Cronica-de-uma-morte-anunciada-size-620

2 – Novas edições dos livros de Gabriel Garcia Márquez: eu tenho quase todos os livros do autor por ele ser um dos meus preferidos (na verdade, ele é o Pelé da minha lista de autores). A maioria dos livros que tenho são com as capas anteriores, que eram coloridas e, na estante, fica bonito. Mas esse novo trabalho da Record está absolutamente incrível. Com tons mais neutros e capas mais sóbrias, as capas ficaram mais modernas, estilosas, bem dignas do calibre de Gabo. Estou cogitando trocar toda a minha coleção antiga pelas capas novas. (Eu sou dessas).

festa-no-covil1

3 – Festa no Covil – Juan Pablo Villalobos: Essa uma capa que chamou minha atenção por dois fatores: primeiro a cor neon. Segundo o desenho incrível baseado no Dias de los muertos – comemoração mexicana. E quem tem tudo a ver com o enredo que também se passa no México. A editora já lançou mais um livro do autor (que estou aqui desejando forte) e tem o mesmo estilo dessa só que a cor é amarela. Apenas um trabalho incrível.

colecao_novelas_imortais2

4 – Coleção Rocco Novelas Imortais: o relançamento dessa coleção foi marcado pela mudança incrível nas capas. No 1o lançamento, elas eram brancas com o título e era isso. Mais ou menos no estilo dos livros do Fernando Sabino – que é quem assina a introdução e quem organizou a coleção. Com a mudança das capas, temos lindos trabalhos cheios de cor e detalhes relacionados ao autor ou à história. São sete no total, já li quatro e resenhei duas – aqui e aqui. 

download (1)

5 – Como ser mulher – Caitlin Moran: O que gosto dessa capa é que combina cores ditas “femininas” com símbolos de poder feminino. O livro pretende ser um manifesto feminista, mas não chega a tanto. As cores vivas da capa, para mim, já deixam claro que estamos falando de um livro divertido e leve. Aqueles para rir quando é necessário e cheio de comentários sagazes e sarcásticos. Vale a leitura e vale apreciar a capa.

Quais as suas capas preferidas? Me contem! 🙂

Postado em: 5 às 5ªs

Nenhum comentário em “5 às 5as – Capas preferidas”


 

Comentar