5 às 5ªs – Histórias emocionantes
por Ragner
em 17/10/13

5 (1)

 

Essa semana pensei em ir com calma, deixar alguns sentimento aflorar e tentar contabilizar alguns livros que me fizeram emocionar ou refletir sobre acontecimentos corriqueiros, cotidianos ou apenas passageiros e fugazes. Mas que acima de tudo tenham algum significado. Alguns mais que outros e tantos outros que não estão na lista, segue 5 exemplares que, a sua maneira e estilo, estão marcados na minha memória.

1 – A Cabana: Sim, é um livro espiritual, mas não tem nada a ver com algo relacionado à auto-ajuda ou religioso e se destaca no enredo muito mais humanístico do que praticamente metafísico. Mesmo tendo como personagens a santíssima trindade, personificados de forma fantástica, a condição extrapola o simbolismo e caracteriza toda uma situação bem mais física. A crença em um Deus ou em algo divino é tranquilamente exposta aqui, não como um dogma, mas sim como um sentimento bem mais espontâneo;

2 – Diagnóstico Câncer: Gosto muito da escrita de Heinz G. Konsalik e li tal livro logo após perder meu Pai para o câncer. O enredo é deveras real, pois cada sofrimento e história dos personagens, parece, de fato, ser verossímil e corresponder com quase tudo que presenciei e vivi. Me emocionei com o que ia lendo e pude entender, mais, que o que aconteceu em minha família, não é diferente com o que acontece com outras pessoas;

3 – Nas Margens Do Rio Piedra Sentei E Chorei: Ser um livro do Paulo Coelho, em si não é desmerecimento, mas entendo que muita gente não goste dele. Eu já li quase todos do autor, só que hoje em dia prefiro outra literatura. No caso desse em particular, a história teve, na época, uma boa aceitação por mim e agradei demais de toda trama de amor e aceitação e acabei me emocionando um pouco. Está na lista por significar algo no início de meu gosto literário, não exatamente por ter significado hoje;

4 – Travessuras Da Menina Má: A emoção de ler esse livro se deu muito com a questão de me identificar um bocado com o protagonista, com suas desventuras amorosas e condição de romântico inveterado. Como toda a história vai apresentando sua vida desde jovem até mais velho, é impressionante como o texto vai se moldando à condição dos personagens e as culturas em que estão inseridos. Se não me esqueço, foi um dos 1ºs ou o 1º livro que li com essa estrutura e está sempre entre os que indico quando me perguntam sobre o que ler;

5 – Cem Dias Entre O Céu E O Mar: Eis uma história que me emocionou pelos momentos em que o autor esteve sozinho, pela coragem de enfrentar cem dias entre céu e mar, pela vitória de conseguir atravessar um oceano com tubarões e outros perigos. O livro transcende o que poderia ser motivacional e consegue ir mais além do que um simples enredo de superação. Uma aventura que pode ser equiparada à descoberta de outras civilizações, à chegada à lua. Claro que o desconhecido nesses casos estão no percurso e no final da jornada, mas no caso do livro, conquistar essa proeza, é sem dúvida algo que poderia parecer impossível.

Postado em: 5 às 5ªs

Nenhum comentário em “5 às 5ªs – Histórias emocionantes”


 

Comentar