5 às 5as – Livros que muita gente adorou, mas não emplaquei
por Patricia
em 14/08/14

5 (1)

Sempre existem aqueles livros que muita gente parece adorar, mas que não funcionam para todo mundo. Eu tenho vários exemplos desse tipo e hoje resolvi dividir com vocês 5 tentativas frustadas de ler algo que me foi indicado por diversas pessoas e alguns que têm fãs ardorosos, mas que não deu muito certo para mim. Acredito muito no momento certo de ler um livro e acho que muitos desses que cito, eu tentei ler na hora errada. Pretendo tentar encarar todos novamente num futuro próximo. Veremos.

download

1 – As Brumas de Avalon – Marion Zimmer Bradley: Podem reclamar, eu sei que é complicado. Li o primeiro livro da série aos trancos e barrancos. Não consegui me conectar com nenhum personagem, nem me apegar ao enredo. Comecei o segundo livro e, basicamente, passei todos os outros livros que tinha na frente e ele acabou encostado. Pretendo tentar novamente, mas até o momento, não consigo me animar em nada para ler os demais volumes.

download (1)

2 – Tudo do Saramago:  Esse é um autor para o qual tenho um imenso bloqueio. Aos 14 anos tentei ler “O levantado do chão” e simplesmente não deu certo. É um livro denso, difícil, complicado, com as frases longas e quase sem parágrafo. Acho que li 20 páginas em meses, se muito. Depois desisti. Claro que é uma questão de livro errado na hora errada, mas mesmo assim, nunca mais tentei ler nada do autor graças a esse trauma. De todos nessa lista, esse é o que mais quero tentar reverter quando me sentir preparada psicologicamente.

download (2)

3 – As crônicas de Artur – Bernard Cornwell: Penso que talvez meu problema seja com as mil e uma versões da estória de Arthur. Gosto da estória em si, mas às vezes canso de ler vários pontos de vista e etc. Esse foi um caso em que me encantei com o box da trilogia – com capas lindíssimas e bem trabalhadas (sou dessas), mas não consegui levar o livro muito para frente. Para ser justa, porém, foi na época em que eu estava relendo Harry Potter e nada mais me parecia tão interessante.

download (3)

4 – A trilogia 1Q84 – Haruki Murakami: Li o 1o livro e até o resenhei para o Poderoso. Gostei realmente de algumas partes, mas a parte fantástica da estória não me empolgou – digo o povo pequenino. Comecei a ficar cansada das reviravoltas em certos momentos e hoje estou na situação de: já estou com segundo volume, mas não consigo pensar em lê-lo agora. Li o primeiro livro durante a hype para o autor e acho que tentar lê-lo sem tanta gente falando sobre o autor pode ser melhor (costuma funcionar para mim). Minha estratégia será tentar novamente no começo do ano que vem quando minha empolgação por ler costuma ser mais intensa.

71579_4

5 – O apanhador no campo de centeio – J. D. Salinger: Li esse livro há alguns anos e lembro até hoje que terminei e pensei “poxa…é isso?”. Esse pode ser um clássico caso de esperar demais de uma obra para depois ver que nem tudo são flores. Mesmo assim, não consegui achar muito interessante a vida de Holden Caulfield, muito menos suas visões de mundo. Desde que li o livro penso em reler agora. Eu li quando eu também era adolescente e achei alguns comentários de Holden cansativos. Talvez hoje, depois de sair da adolescência, eu consiga revisitar melhor. A ver.

Postado em: 5 às 5ªs

Nenhum comentário em “5 às 5as – Livros que muita gente adorou, mas não emplaquei”


 

Comentar