5 às 5ªs – Livros que te põem atrás das grades
por Gabriel
em 07/08/14

Nota:

soviet_party

A polícia carioca recentemente incluiu em uma lista de suspeitos o pensador anarquista Mikhail Bakunin, morto há apenas 150 anos. Inspirados por esse momento e por outros (como a “apreensão” de uma biografia de Marighella), resolvemos listar cinco títulos que podem garantir ao portador algum trabalho com a polícia:

5. Rota 66, de Caco Barcellos: até hoje não entendo muito bem como um jornalista da Globo produziu isso. Caco acompanhou a Rota, a unidade que mais mata na PM paulista, durante seus dias mais inspirados. Um dos pontos altos é a execução do garoto que anos antes tinha representado Pixote em um famoso filme nacional. (E falamos de um filme que resultou desse caso na resenha de Quem matou Pixote?)

4. Tiene Porvenir el Socialismo?, de Mario Bunge e Carlos Gabetta: basicamente um livro de capa vermelha com a palavra “socialismo”. Juro que tive medo ao leva-lo na mochila em visitas a clientes. Como se isso não fosse o bastante, é escrito em espanhol (língua claramente mais revolucionária) e trata do futuro do conceito de socialismo de forma contemporânea e acadêmica. Um perigo.

3. Gandhi, de Christine Jordis: Gandhi é daquelas personalidades que alguns insistem em reduzir a “um pacifista” (como Mandela). Sua atuação, no entanto, foi muito além disso; sua liderança nacional, espiritual e revolucionária é única e uma história a se ler com atenção. Não deve provocar muito frenesi, mas é porque não sabem o quanto esse velhinho franzino era perigoso.

2. O Capital no Século 21, de Thomas Piketty: um livro de economia, mas com uma capa que tem cores vermelhas e o termo “O Capital”. O risco é bem grande, mesmo para quem não sabe que a obra disserta sobre a desigualdade (outro argumento grave nos tribunais).

1. Manifesto Comunista, de Karl Marx e Friedrich Engels: o volume perfeito para pegar uma cadeia sem muito esforço. Pequeno, leve e com poucas páginas, tem a vantagem de trazer o termo “comunismo” na capa, o que facilita o entendimento do júri e te levará diretamente à década de 60 em poucos julgamentos! Boa leitura!

Postado em: 5 às 5ªs

Nenhum comentário em “5 às 5ªs – Livros que te põem atrás das grades”


 

Comentar