5 às 5as – Mulheres protagonistas (Biografias)
por Patricia
em 04/07/13

5

É chato o tanto de vezes que comentei o quanto eu gosto de biografias. Mas aqui vamos nós, falar de mais algumas. Dessa vez o foco são mulheres com boas histórias de vida para contar. Uma versão não ficção para a lista anterior que fiz com foco em mulheres protagonistas. (Recomendo 35 caixas de lenços para a leitura dos 3 primeiros livros):

1 – O castelo de vidro – Jeannette Walls: De forma extremamente sincera e até mesmo despojada, Walls apresenta uma família deturpada pela pobreza, por pais que não entendiam bem suas funções perante os filhos mas que acima de tudo criaram uma família que funcionava como uma unidade. Walls cresceu para se tornar uma jornalista renomada nos EUA e, por muitos anos, teve vergonha de dividir sua história de vida com pessoas com passados tão diferente. De sem teto a autora best seller – é um livro sensacional que vale a pena conhecer.

2 – As boas mulheres da China – Xinran: Esse livro não é a história de apenas uma mulher, mas de várias com vidas similares em partes diferentes da China. Xinran é uma jornalista  que apresentava um programa de rádio onde dava conselhos e comentava coisas leves. Mas o sucesso do programa fez com que inúmeras mulheres começassem a escrever para ela contando suas tristes histórias em uma sociedade extremamente restrita que não dá muita importância para mulheres. Muitas contam sobre aspectos de suas vidas que nunca seriam revelados de outra maneira. Leitura essencial.

3 – Desonrada – Mukhtar Mai: Mai é paquistanesa (mais um país ótimo para mulheres viverem…) e narra em seu livro os abusos que sofreu por muitos anos culminando em uma sentença de estupro coletivo por ter se intrometido em uma briga de homens para pedir que perdoassem seu irmão (julgado por se envolver com uma mulher casada). A sentença foi levada a cabo por quatro homens em um estábulo. O livro nos conta de maneira realista e sem pieguices o que é, de verdade, a vida para mulheres de países com a lei do “olho por olho”.

4 – Carmen – Ruy Barbosa: Já comentei sobre esse livro em outra lista. Carmen Miranda nunca foi uma personagem que me chamou muito a atenção mas essa obra primorosa de Ruy Barbosa, definitivamente, despertou meu interesse pela cantora/atriz. O livro não é apenas uma biografia de Carmen, é uma aula de História sobre o Brasil e a indústria de entretenimento da época tanto local quando americana já que Carmen tornou-se uma das artistas mais bem pagas em seu momento. Bem escrito e extremamente bem pesquisado.

5 – Bossypants – Tina Fey: Depois de livros que envolvem tragédia, achei de bom tom colocar um que trata da vida de maneira mais bem humorada. Tina Fey chegou onde poucas mulheres chegaram: à sala de roteiro de um dos maiores programas de comédia dos Estados Unidos. E quando já se podia dizer que ela tinha chegado longe, ela continuou caminhando. Esse foi um livro que fiz questão de resenhar para o Poderoso justamente por ser escrito por uma mulher que superou muitos obstáculos e ainda se diverte com seus próprios problemas e medos.

Postado em: 5 às 5ªs

Nenhum comentário em “5 às 5as – Mulheres protagonistas (Biografias)”


 

Comentar