5 às 5as – Mulheres protagonistas (Ficção)
por Patricia
em 13/06/13

5

Para as mulheres o mundo está um pouco diferente: cada dia parece que surge uma nova questão que deve ser debatida exaustivamente. No Brasil, estamos atravessando uma curva estranha que parece difícil de ser superada. MAS na literatura, a mulherada deixou marcas profundas e, sem contarmos as grandes autoras, temos protagonistas que simplesmente pulam das páginas e nos mostram todas as facetas femininas de maneira magistral. Listinha difícil de fazer mas a gente tenta.

1- Lisbeth Salander – Trilogia Millenium (Stieg Larsson): Quem ainda não conhece essa trilogia não sabe o que está perdendo. São três livros que você lê como se fosse a parte de trás da caixa de cereal. O enredo é bem construído, com reviravoltas no ponto certo e uma protagonista que carrega o enredo mesmo quando não está presente. Lisbeth é poderosa em sua maneira de ser como é independente de tudo o que pensam ou querem que ela seja.

index

2- Menina má – Travessuras da menina má (Mário Vargas Llosa): Um livro que é simplesmente uma delícia de ler. A construção de todos os personagens é excelente mas a Menina má está além. Ela tem muitos nomes e continua misteriosa, ela aparece quase sempre mas nunca sabemos de onde vem. Terminamos o livro completamente encantados por ela e nem sabemos exatamente o que ela faz da vida. Mas nada disso importa no rastro de obsessão que ela deixa atrás de si.

diaba 1

3- Katniss Everdeen – Jogos Vorazes (Suzanne Collins): Eu realmente gostei de Jogos Vorazes. Mas não caí de amores pelos protagonistas masculinos, minha atenção estava em Katniss o tempo todo. Uma menina que assume as responsabilidades de “homem da casa” e ainda se transforma no símbolo da revolução de seu país, nada mal hein?! Só que Katniss também erra e vive uma constante briga interna entre lutar pelo que ela acredita e fazer o que é certo – e não, nem sempre as duas coisas se ajudam ou convergem.

456x330

4- Maya – Contos de Meigan (Roberta Spindler e Oriana Comesanha): Essa é uma leitura recente mas que me encantou pela criatividade da história. Gosto muito de mundos fantasiosos e mais ainda quando as moças descritas tomam conta da própria vida sem se preocurarem muito com opiniões alheias: Maya me pareceu ser assim. Ela briga por sua liberdade ainda que nem sempre seja possível fazer o que quer. No fim, é ela quem vai liderar sua própria vida enquanto lidera um povo. Puro girl power.

images

5- Graziella Luciano – A máfia de saias (Lynda la Plante): Matriarca da família Luciano, ela assume o posto do marido quando ele morre (e todos os outros homens da família). Só que a família não tinha negócios…normais. Roberto Luciano era, na verdade, uma mafioso poderoso e agora resta a sua esposa e filhas vingar sua morte. Elas assumem, então, as rédeas da máfia para defender seus interesses mostrando que mulheres no poder podem ser tão cruéis quanto homens. Coppola ficaria orgulhoso.

images

 

 

Postado em: 5 às 5ªs

Nenhum comentário em “5 às 5as – Mulheres protagonistas (Ficção)”


 

Comentar