5 às 5ªs – Resenhas favoritas de 2013/Ragner
por Ragner
em 05/12/13

5 (1)

Mais um Dezembro para nosso querido site, mais um mês com listas de cada participante. O final do ano sugere uma pá de coisas e a gente aproveita para fazer uma releitura daquilo que gostamos e até listar o que pode ter sido gostado durante o ano. Minha lista a seguir poderia ter sido maior, mas como o 5 às 5ªs já é algo concretizado e marca quase registrada do site, segue apenas 5 resenhas entre as que mais gostei durante o ano. Do jeito que tudo está encaminhando e como estamos evoluindo, creio que ano que vem seja ainda mais difícil, kkkkk.

arqueiro_zen_cap

A Arte Cavalheiresca Do Arqueiro Zen: O assunto me contagia e me deixa interessado, o texto muito bem escrito e a escolha do livro favoreceram ela estar aqui.

“A arte cavalheiresca do arqueiro zen é algo no mínimo surpreendente para a lógica ocidental. Este é um livro que trata de uma experiência Zen budista, porém de um modo direto, não filtrado pelo intelecto.

Não se trata de um livro rebuscado sobre uma cultura distante da nossa, e sim de uma tentativa de traduzir os pensamentos do zen para leitores comuns. Este, também não é um livro sobre arco e flecha ou sobre zen-budismo, não é também um livro de auto-ajuda, ou de ajuda…”

 

Meninas-boazinhas-vão-para-o-céu-as-más-vão-à-luta1

Meninas Boazinhas Vão Para O Céu, As Más Vão À Luta: Estou me inteirando ao assunto um pouco mais a cada dia, percebi em todos esses dias, o quanto o feminismo e questões femininas devem ser levadas a sério. Não só a resenha deixa claro o quanto ainda temos que aprender sobre o assunto como ainda sugere onde encontrar mais sobre.

“As situações que a autora descreve são conhecidas: exigência de beleza perfeita (ainda que ninguém saiba exatamente o que seja isso), a idéia de que mulheres “fortes” são solitárias (ou, como ouvi uma vez, “provavelmente lésbicas”), a pressão pela maternidade, a necessidade de ser definida pelo homem que está com você, o medo do poder e mais…”

 

vidas_secas_livro

Vidas Secas: Uma participação especial que me surpreendeu e me agradou bastante. Um texto escrito com bastante interesse, ao meu ver, e que possibilitou um entendimento maior sobre a obra. Gostei muito.

“O romance de Graciliano Ramos deixa de lado o sentimentalismo e retrata de forma crítica e real a vida do sertanejo nordestino na década de 30. A miséria, desigualdade, seca e o meio de vida escasso. O livro foi escrito na segunda época do modernismo, mas há nele pequenas características do naturalismo. É uma obra com grande significado sociológico, pois mostra a coisificação das pessoas. Vidas Secas é uma denúncia social. Foi uma obra muito importante para a segunda fase do modernismo por ser uma literatura regionalista com grande teor político e psicológico…”

 

Coraline_Paperback_1258910704

Coraline: A animação está entre minhas favoritas, a história é deveras surpreendente e diferente. O quadrinho deve conter elementos ainda mais interessantes e mesmo sendo uma resenha ligeira, o texto agrada e promove aquele interesse pela obra.

“Coraline é uma obra infantil. Mas isso não impede que Gaiman use todas as suas habilidades mais conhecidas, criando um mundo fantasioso que envolve o leitor.

A estória nos apresenta uma garota, chamada Coraline, que recentemente deixou de brincar de bonecas e está em uma fase de curiosidade à flor da pele. A garota também se mudou há pouco tempo para uma casa totalmente isolada no meio de um campo, uma casa muito grande que foi dividida em apartamentos…”

 

Índice0

1Q84: A resenha deixa óbvio meu interesse pelo livro, o assunto me agrada, as personagens parecem saídos de um livro que eu mesmo escreveria e o que está escrito me empolgou a ler.

“1Q84 nos apresenta duas histórias contadas em paralelo: a de Aomame e Tengo. Aomame (um nome que significa ervilha verde e ela odeia) é professora de artes marciais e também trabalha nas horas vagas como assassina de aluguel (parece que é difícil ser professor em qualquer lugar do mundo…¬¬) e Tengo é professor de matemática e deseja se tornar escritor (Ragner….é você? :D )…”

 

Postado em: 5 às 5ªs

2 Comentários em “5 às 5ªs – Resenhas favoritas de 2013/Ragner”


Avatar
Gabriel em 05.12.2013 às 07:37 Responder

Muito boa seleção! Estou devendo a mim mesmo assistir o filme de Coraline, não vi até hoje… =/

Ragner
Ragner em 05.12.2013 às 13:49 Responder

Graciosamente mórbido. Gostei MUITO.


 

Comentar