5 às 5as – Séries atuais que acompanho
por Patricia
em 28/08/14

5 (1)

Eu sou fã de séries há muito tempo. Gosto das que tem capítulos que são independentes entre si, mas minhas preferidas são as que mantém uma linha única de estória. Essas que você não assiste um capítulo e  fica um pouco perdida no que de fato está acontecendo. Entre minhas preferidas está, além de Breaking Bad – que como já terminou não considerei na lista – as que vocês vêem abaixo. Essas são séries que me estimulam a nunca sair de casa. E isso não é uma reclamação. 😉

A idéia de fazer essa lista veio de um vídeo da Fe do Leitora Incomum.

gameofthrones.wikia_

1 – Game of Thrones: sou fã dos livros, mas ainda estou andando a passo de tartaruga no 4o volume – O Festim dos Corvos. Enquanto para quem lê a obra fica claro que uma versão cinematográfica não seria o melhor formato, os livros são perfeitos para a televisão. Com tantos personagens, apenas a televisão poderia dar conta de manter tudo isso de uma maneira não tão confusa (até mesmo os livros podem ser confusos em alguns momentos). A versão da HBO é grandiosa e está à altura do que eu esperava quando conheci os pobres Starks pela primeira vez.

ibo_et_non_redibo_house_of_cards_1

2 – House of Cards: Tão boa, mas tão boa que já teve até post dedicado para ela (e olha que aqui falamos mais de filmes).   Kevin Spacey está imbatível como um político sem escrúpulos que quer apenas chegar ao poder, nada mais. Ele não se importa com a sujeira em que tem que se meter para chegar onde quer. É o mais puro creme de atuação incrível. Robin Wright está sensacional como Claire – o tipo de mulher com quem ninguém quer se meter. Duas temporadas de tudo o que a política é, mas todo mundo finge não ver.

510x340

3 – RuPaul’s Drag Race: Se é para rir, que seja enquanto a gente quebra preconceitos. Drag Race é um reality show onde drag queens que são julgadas por um painel de juízes encabeçados por ninguém menos que uma das drag queen mais famosas do mundo: RuPaul (a mesma que canta It’s rainning men). Além de vestidos lindíssimos, curvas falsas e maquiagem impecável, tem tanta, mas tanta risada que dá para passar mal. Vem que é pura eleganza!

ORANGE

4 – Orange is the new black: É mais uma série de humor, mas com um tom um pouco mais sarcástico e, na linha contrária às grandes séries, nenhuma – ou quase nenhuma – maquiagem. Filmada dentro de um presídio feminino, a série segue a vida na prisão de Piper – uma mocinha da classe média, branca, loira de olhos claros que precisa aprender que naquele lugar todos esses atributos que sempre lhe valeram coisas boas, podem ser exatamente a causa de seus problemas. Cheia de personagens marcantes que destroem paradigmas de “mulheres na televisão”, é uma excelente pedida.

veep2

5 – Veep: Mais uma série que quebra um paradigma retratando uma mulher no poder. Mas não qualquer tipo de poder – Selina Meyer é vice presidente dos Estados Unidos e a série segue sua incompetente e engraçadíssima equipe (que inclui um diretor de comunicações que não sabe muito bem o que é e como funciona a internet) enquanto tentam manter Selina como opção viável de poder. A premiada e incrível Julia Louis-Dreyfus (de Seinfield) interpreta a personagem principal como só ela poderia.

Postado em: 5 às 5ªs

1 Comentário em “5 às 5as – Séries atuais que acompanho”


Avatar
Juliana Ghidini em 28.08.2014 às 07:56 Responder

OINB está lá na fila do Netflix como próxima… RuPaul’s Drag Race tomou o lugar e eu simplesmente não consigo deixar de assistir! É quase uma terapia contra TPM!
Sempre ví a propagando de VEEP mas não tinha me interessado até agora.
GoT e House of Cards dispensam qualquer comentário! Game of Thrones é uma das coisas mais grandiosas e viciantes que já assisti na minha vida! É algo que muda meu humor, minha vida social, me deixa ansiosa, revoltada, feliz… É inexplicável!
E House of Cards mudou muita coisa dentro de mim. Logo no primeiro episódio, quando Frank Underwood explica a diferença entre dinheiro e poder, eu já estava apaixonada. Kevin Spacey é um show delicioso a parte, mas todos os personagens são incríveis! É impressionante o realismo com que todos desempenham seus papeis! A relação entre eles (entre cada personagem) me fez pensar no papel que as pessoas representam na minha vida. Sou fã de muitas séries, mas os “míseros” 26 episódios fizeram com que House of Cards ficasse no meu Top 3.


 

Comentar