5 às 5ªs – Títulos de livros nacionais
por Ragner
em 05/06/14

5 (1)

Seguindo nosso mês de livros nacionais, dedicamos essa nossa 5ª consagrada de listas para citar 5 livos nacionais com títulos que me chamaram a atenção. Já antecipo que podem ser incluídos não somente livros que já li, como também alguns que ainda não li. Já que a intenção é seguir títulos, a leitura não necessariamente é um item de maior importância, porém o fato de estar aqui já o indica numa leitura futura. Escolher os nomes foi complicado. Muitas opções, algumas que não estão aqui podem até serem melhor do que essas, mas não estou seguindo uma lógica específica e vários outros não conheço o suficiente para enumerar aqui. Ainda.

 

capites-da-areia-jorge-amado-718-MLB4707124714_072013-F

1 – Capitães De Areia: Li durante meus anos de pré-adolescente. O nome me chamou a atenção e não foi necessariamente uma leitura para trabalho escolar (tive que fazer um trabalho na época sim, mas foi um livro que gostei de ler, além da ‘obrigação’). Jorge Amado foi um dos escritores mais conhecidos e influentes na literatura brasuca e alguns dos seus livros, se não foram para teledramaturgia, foram para o cinema. Suas histórias possuem um misto de sexualidade e brasilidade baiana evidente. O título me sugeria ação e um enredo que prenderia minha atenção, acabei conhecendo um bocado sobre a vida dos moleques capoeiristas cheios de energia que perambulavam pelas arruelas de Salvador.

 

meninos-do-trafico

 

2 – Falcão: Meninos Do Tráfico: Não somente o título achei interessante como a história de documentário me fez correr atrás do livro. Procurei pouco depois de ser lançado e comprei como presente de natal para meu amado Pai (sempre amei dar livros de presente, mas nunca fui muito de ganhar). O nome é forte e de cara já passa a ideia de que cada um dos garotos assassinados (eles não morreram apenas, claro) viveram de forma trágica e que não era simplesmente aviõezinhos, eram falcões cheios de vontades e tiveram as vidas ceifadas pelo tráfico e criminalidade que é inerente ao meio.

 

feliz-ano-velho-marcelo-rubens-paiva-14403-MLB4604114846_072013-O

 

3 – Feliz Ano Velho: O nome me deixou curioso, não tinha certeza sobre o que era, mãe leu, gostou e me indicou, li, gostei, tentei entender o título e comecei a indicar também. Reviver um trauma e deixar claro que tanto momentos ruins quanto bons estiveram envolvidos e escrever sobre isso, me fez gostar do autor e sigo lendo algo dele (ainda mais seguindo no twitter). Marcelo se apropria de uma virada de ano em que passa por um acidente que muda sua vida e decide lutar para continuar e não ficar se lamentando.

 

GRANDE_SERTAO_VEREDAS_1231164556P

 

4 – Grande Sertão Veredas: Ainda não li, mas está entre meus desejos futuros. João Guimarães Rosa está na minha lista de autores nacionais que preciso ler, já que tenho essa falha. Leio quase nada nacional. O livro está na lista também para ressaltar a literatura sobre sertão, seca, “nordestinos” e toda a luta do homem mais rural e por isso penso ser legal citar Vidas Secas e Os Sertões, dois outros livros que também quero ler e que as histórias parecem contar muito bem o modo de vida de pessoas que sofrem e continuam lutando nesse mundão de Deus.

 

A_DANCA_DO_UNIVERSO_1328289027P

 

5 – A Dança Do Universo: Quase um motivo óbvio eu gostar tanto do título quanto do livro em si. A escolha do nome foi fantástica ao meu ver e tudo que gira em compasso para o nascimento e construção do universo meio que estão aqui. Desde as explicações míticas sobre o surgimento do mundo, o Big Bang com sua explosão criacionista e a expansão universal, está quase didaticamente explicado aqui. Um dos meus livros sobre astronomia e física favorito. Fiquei fã do Marcelo Gleiser logo em seguida.

 

Postado em: 5 às 5ªs

Nenhum comentário em “5 às 5ªs – Títulos de livros nacionais”


 

Comentar