5 às 5ªs – Gibis para amantes de quadrinhos
por Ragner
em 31/10/13

5 (1)

Nosso Poderoso tem o orgulho de resenhar livros, filmes e quadrinhos. Para cada estilo e arte, vamos listando muitas vezes obras que nos agradam, resenhando o que gostamos e entendemos que pode ser um algo a mais e não apenas um mais do mesmo. Nessa 5ª estou listando HQs que, acredito, possam ser mais do que interessantes, que contribuem muito para o entendimento de como essa arte merece ser por demais valorizada, como é diversificada e culturalmente influente para qualquer pessoa. Não importante o tipo de leitor, há seguimento para todo mundo, seja quadrinhos realísticos, ficcionais demais, dramáticos, cômicos, para jovens ou adultos.

 joesaccosaravejo

1 – Sarajevo: “Contextos reais chamam muito a atenção. Sou fã de acontecimentos verossímeis que são trabalhados em formato de arte. De alguma forma trazem ensinamentos mais lúdicos ou mesmo, passeiam por enredos que ajudam a despertar algum interesse de maneira menos formal.”

 

pequenos-milagres-will-eisner-encadernada-nova_mlb-o-232796921_7804

2 – Pequenos Milagres: “Will Eisner é considerado um cara fenomenal dentro da 9ª Arte, um gênio, pois foi um dos mais consagrados artistas do meio que conseguiu unir quadrinhos com histórias que passava longe de conceitos infantis. Eisner (morto em 2005) foi um premiado quadrinista que trouxe para o público adulto, todo um universo de desenhos e que incentivou aos marmanjos a cultuar essa maravilhosa arte. Alan Moore, criador de Watchmen, defendeu que “Eisner é o responsável por dar inteligência aos quadrinhos” e olha que Moore não gosta de ninguém quase.”

 

LV268074_N-300x300

3 – Calvin & Haroldo: “Eis uma HQ que nos inicia em um mundo observado por uma criança mega fantasiosa e que possui um tigre de pelúcia como melhor amigo e companheiro. Nada mais do que normal nesse contexto, mas o mais legal aqui é que, quando ninguém está vendo, o garoto imagina o tigre de verdade e esse não é só inteligente, como falante e representa a parte racional das tirinhas, já que o nosso protagonista humano representa a parte passional. Ok que tem lá seus momentos racionais, mas com enormes pitadas sarcásticas e de personalidade forte.”

 

joker_01

4 – Coringa: “Uma Graphic Novel que NÃO pode faltar na biblioteca (gibiteca) de quem curte mesmo quadrinhos mais adultos e que, principalmente, gostem muito do Coringa. O Morcegão é um personagem coadjuvante e só aparece no final, mas, mesmo assim, FUNDAMENTAL. A HQ é dedicada exclusivamente ao Palhaço do Crime e vemos aqui uma versão específica e sem precedentes nos quadrinhos. Os que gostam do Batman (por modinha), influenciados, SOMENTE, pelos filmes novos, eu faço o seguinte parecer: Joker é influenciado pelo Coringa de Heath Ledger, tanto na caracterização física quanto na psicopatia. Aqui ele é um perfeito Sociopata e sua identificação como um “Palhaço” se faz SOMENTE pela maquiagem e pelas surtadas maquiavélicas de humor doentio (o que é MARAVILHOSO para um personagem assim).”

 

Índice

5 – Blues: Já confirmada como resenha de semana que vem. Meu 1º contato com Robert Crumb orgulhosamente tem a ver com um dos ritmos musicais que mais me interessam, que tenho orgulho de dizer que amo. Como aconteceu com Joe Sacco, já tinha ouvido falar muito, visto vários gibis em lojas tanto físicas quanto virtuais. Sarajevo foi presente, da camarada Paty, e Blues comprei. Não tinha dúvidas de que gostaria de conhecer mais sobre a obra desse desenhista e saber como ele retrataria o blues. Mas antes da resenha, já adianto para vocês que o trabalho é fantástico e sensacionalmente interessante.

Postado em: 5 às 5ªs

Nenhum comentário em “5 às 5ªs – Gibis para amantes de quadrinhos”


 

Comentar