Arquivo por Autor



Resenha – Gilberto Gil – Refavela
por Juliana Costa Cunha
em 27/06/18

Nota:   O livro Gilberto Gil – Refavela, faz parte da coleção O Livro do Disco. A coleção é inspirada na série 33 1/3 publicada originariamente nos EUA. Aos poucos vão sendo publicados aqui no Brasil a coleção que traz em si “álbuns que causaram impacto e que de alguma maneira foram cruciais na vida
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Laços
por Juliana Costa Cunha
em 11/06/18

Nota: Escrito pelo italiano, nascido em Nápoles, Domenico Starnone, “Laços” é um livro potente.  Atualmente o autor foi “acusado” de ser a Elena Ferrante. Não, pera, ser casado com a Elena Ferrante. Ou será que é casado com a pessoa que escreve sob o pseudônimo da Elena Ferrante? Bom, não sei… são muitas as conjecturas
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – O canto da borboleta
por Juliana Costa Cunha
em 01/06/18

Nota: Rita Queiroz é doutora em Filologia e Língua Portuguesa pela USP e possui diversos textos e poemas inseridos em coletâneas poéticas no Brasil, alguns premiados. Neste livo, “O canto da borboleta”, Rita nos apresenta uma poesia romântica, transitando pela história da literatura e da mitologia. A poetisa nos apresenta algumas imagens marcantes e metáforas
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Devoção
por Juliana Costa Cunha
em 28/05/18

Nota: Começo esta resenha afirmando o quanto será difícil escrever as próximas linhas. Eu sou fã de Patti Smith. Eu sonho em assistir a um show dela, assim como sonhei a vida inteira ver David Bowie no palco (infelizmente não deu). Se David Bowie era o camaleão que sempre me espantava com sua androgenia e
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – “Onde os pombos dormem” e “Café Azedo”
por Juliana Costa Cunha
em 14/05/18

Nota:     Essa minha jornada no mundo dos livros tem me dado muitas alegrias. Dia desses chegou lá no direct do @coisasqueleio mensagem da Paula Mandel, falando que seguia minhas postagens e que queria me enviar seus livros. Eu topei e me diverti muito lendo os dois livros que ela me enviou. Estou fazendo
Postado em: Resenhas
Tags: , , ,

Resenha de Quadrinho – Billie Holiday
por Juliana Costa Cunha
em 09/05/18

Nota: Billie Holiday de Muñoz & Sampayo, é uma HQ lançada no Brasil em função da comemoração do centenário da cantora em 2015. Originalmente a HQ foi lançada em 1989, três décadas após a morte desta cantora de voz inigualável. Aqui encontramos o texto vibrante de Sampayo e o traço forte e sempre em preto/branco
Postado em: Quadrinhos
Tags: , ,

Resenha – Tom na fazenda
por Juliana Costa Cunha
em 23/04/18

Nota: Tom na Fazenda é uma peça de teatro escrita pelo Canadense Michel Marc Bouchard. No Brasil, teve seus direitos autorais comprados pelo ator pernambucano Armando Babaioff, que também foi o responsável pela tradução do texto. A peça entrou em cartaz em 2017 no Rio de Janeiro, e desde então, vem arrancando elogios de crítica
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Pássaros na boca
por Juliana Costa Cunha
em 18/04/18

Nota:   Pássaros na boca, escrito pela autora argentina Samanta Schweblin (1978), que foi considerada pela Revista Granta uma das melhores escritoras jovens de língua espanhola, contém 18 contos. Passei a leitura destes contos sentindo uma agonia no peito. Samanta utiliza o realismo fantástico como recurso literário, fazendo do absurdo uma coisa comum. Algo surreal,
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Novena para pecar em paz
por Juliana Costa Cunha
em 09/04/18

Nota: Este é um livro de contos, escrito por mulheres e com mulheres no centro das narrativas. Os corpos que cada uma das personagens habita tem papel central em cada um dos contos. São tantas as questões envolvidas que me levaram ao exercício da empatia por cada uma das personagens. A conclusão é que é
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – A história de amor de Fernando e Isaura
por Juliana Costa Cunha
em 28/03/18

Nota:     Ariano Suassuna nasceu em João Pessoa, capital da Paraíba, nordeste brasileiro, em 1927, vindo a falecer em 2014 aos 87 anos. Em 1930 perdeu seu pai, assassinado na Revolução de 30 no Rio de Janeiro. Tal fato teve lugar de destaque no impulso criador do autor de O Auto da Compadecida (1955),
Postado em: Resenhas
Tags: , ,