Café do Poderoso – A Tormenta de Espadas – Catelyn
por Poderoso
em 23/06/12

Mais um Sábado, mais um Café do Poderoso.

Sobre Capítulo da Lady Stark.

Paty

Terminei o segundo livro odiando ela. Mas…ODIANDO ela. Porém…lendo esse capítulo eu quase consigo entender porque ela entregou o Jaime. Não me dei conta de que ela já tinha sido informada da “morte” de Bran e Rickon e o desespero deve ter sido insuportável. Fico pensando se ele chegará vivo a King’s Landing e o que isso vai causar na situação toda…

Parece que a batalha está cada vez mais próxima de acabar. Mal posso esperar!

======================

Ragner

Um capítulo COMPLETAMENTE direcionado à alma materna. Cat relembra das filhas, dos filhos, justifica sua decisão, e tenta entender os desejos e decisões do pai no passado. Se ela fez o correto ao deixar Jaime livre, não sei responder, mas que a intenção de troca do Regicida pelas filhas, as únicas meninas e pela crença dela, as que ainda estão vivas – tirando o jovem lobo – se torna mais aceitável. Mas em uma guerra, isso pode ser uma sentenção final.

QUER GANHAR O 4o LIVRO DA SÉRIE?

O Poderoso começa hoje o sorteio do 4o livro da série – Festim dos Corvos. Todos os participantes do Café serão inscritos no sorteio dentro das regras abaixo:

– O participante deve comentar no Café e ler o livro com a gente

– Curtir nossa página no Facebook.

– Cada comentário gera uma inscrição. Quanto mais você comentar, mais chances você tem de ganhar.

– Não há custo algum de envio para o vencedor.

– O sorteio é aberto para todo o Brasil.

– O resultado sairá ao término da leitura de A Tormenta de Espadas no Café.

PARTICIPE!

Postado em: Resenhas
Tags: , ,

9 Comentários em “Café do Poderoso – A Tormenta de Espadas – Catelyn”


Avatar
Rafael Felipe Gati em 04.07.2012 às 13:18 Responder

Eu entendo os motivos dela de ter feito o que fez, mas mesmo assim, não concordo com isso, não mesmo.

Foi uma burrada tremenda, ela não tinha informação nenhuma de como andavam as coisas Porto Real, sequer no trajeto que deve ser percorrido até chegar lá. Foi um risco muito grande a ser tomado em plena guerra, com um prisioneiro tão importante quanto Jaime era.

Mas, coração de mãe… não se pode culpar ela pelo que ela fez, mas é por isso que mães não devem ficar no meio de uma guerra… kkkk

Avatar
opoderosoresumao em 04.07.2012 às 13:28 Responder

EXATAMENTE o que acho. E olha que sou mulher. hahahaha

Paty.

Avatar
Rafael Felipe Gati em 04.07.2012 às 14:17 Responder

Tá vendo, não estou errado. kkkkk

Mas decisões no meio de uma guerra tem que ser tomadas com a cabeça, e me diga, qual mãe usará a cabeça pra pensar quando se tem filhos envolvidos?

Mas ainda assim, eu não gosto da Catelyn.

Avatar
Rafael Mathias em 04.07.2012 às 16:04 Responder

Cat consegue ser tão detestável quanto a Cersei, e olha que não tem outro personagem pior que ela nos livros.

O prejuízo que ela causou ao filho em batalha foi inimaginável, a desculpa das filhas não ameniza em nada o estrago mas comove um pouco(nem uma mãe deve viver para enterrar um filho). É com ódio e pena que eu leio os capítulos dela.

Avatar
Rafael Oliveira em 05.07.2012 às 14:58 Responder

Será que sou o único que não odeia a Cat mesmo depois do que ela fez? O que considero mais difícil de aceitar é o fato dela ter deixados os filhos Bran e Rickon sozinhos em Winterfell, e agora já não dá mais pra voltar… Tenho mais raiva daqueles que não entendem os motivos dela de libertar o Regicida. Com relação a Jaime, tenho minhas desconfianças de que ele vá voltar a causar problemas, acho que ele vai “acordar pra vida” depois de receber a liberdade.

Avatar
opoderosoresumao em 05.07.2012 às 15:01 Responder

Na verdade, desde que ela largou os dois meninos em Winterfell eu já tinha uma sensação ruim quando lia qualquer coisa dela. Não sei…acho que ela foi se perdendo cada vez mais e se desesperando cada vez mais. Isso resultou em um erro enorme que pode custar mais do que ela esperava….é uma situação difícil.

Mas quanto mais vejo os comentários, mais eu penso que George R.R. Martin QUER que as pessoas fiquem divididas sobre Catelyn…não sei…

Paty

Avatar
Rafael Felipe Gati em 06.07.2012 às 13:41 Responder

Concordo com isso. Ele deve escrever exatamente com esta intenção. Ele mostra os dois lados da decisão dela, e toma um certo tempo nos mostrando o que ela sente sobre o que fez.

Avatar
Uriel em 06.07.2012 às 00:00 Responder

Catelyn irá sofrer (e muito) com os vassalos do filho.
Trocar Jaime pelas filhas é um argumento válido, porém, realizar isso sem a permissão do Rei do Norte… Ela tinha ao menos ter que avisado.
Resta torcer para que Brienne leve o cativo seguro até Porto Real.

Avatar
opoderosoresumao em 06.07.2012 às 13:57 Responder

Mas o que vai acontecer quando eles chegarem em Porto Real? Tyrion – que é em quem ela está apostando – já foi afastado.
É nisso que fico pensando…no final, o que ela fez pode ser uma sentença de morte para Sansa, ao menos. =(


 

Comentar