Café do Poderoso – A Tormenta de Espadas – Jaime
por Poderoso
em 16/06/12

Seguimos com comentários sobre o 2º capítulo, com cenas que também foram utilizadas no último episódio da 2ª temporada de GoT.

Paty

Esse capítulo foi alterado no episódio final…e eu gostei mais. A participação do tio de Jaime não acrescentou nada, francamente. Na série, a luta entre Brienne e os três homens que aparecem do nada quando ela tenta soltar as mulheres enforcadas, serve para que ela ganhe o respeito de Jaime. Não sei se isso aconteceu nesse capítulo. Mas veremos.

Aliás, só depois de ler esse capítulo foi que fiz a ligação entre Renly ser gay e ter uma guarda chamada “Guarda Arco Íris”. George R. R. Martin, seu malandro!

=====================

Ragner

Jaime é um cara extremamente valente e está cada vez mais “aloprado” nessa época de cativeiro. Não tem medo mesmo da morte e não respeita quem o tem preso, pois sabe que é o melhor cavaleiro que existe e mesmo acorrentado ele provoca quem quer que seja, mas nesse capítulo começa a parecer que ele pode olhar outro “cavaleiro” de modo diferente.

Entendo as mudanças que o seriado faz em relação ao livro, uma cena como a de Brienne sendo o homem da parada, deve sair extremamente caro.

Postado em: Resenhas
Tags: , ,

5 Comentários em “Café do Poderoso – A Tormenta de Espadas – Jaime”


Avatar
Rafael Felipe Gati em 04.07.2012 às 12:50 Responder

Bom, aqui vemos uma mudança em como Jaime nos é apresentado, sendo mostrado a nós o seu ponto de vista, que devo dizer é muito interessante, creio que irei gostar dos capítulos em que ele aparecer.

E sim, é outra coisa que quem já havia assistido a segunda temporada sabia que ia acontecer, mas mesmo assim, há coisas novas para nós no livro. A cena em que Brienne derrota os três na série serve como um “substituto” para o que ela faz com o navio que os persegue (desculpe se é spoiler, estou um pouco a frente da leitura e não me lembro direito se isto acontece neste capítulo ou no próximo capítulo do Jaime :p). Mas isto serve pra ela conquistar um pouco da confiança de Jaime, se bem que eu não diria confiança, pois ele confia apenas nele, a única coisa que ele quer é se libertar e voltar para Cersei. Acho que fica definido melhor como respeito, algo que existe entre cavaleiros, mesmo que inimigos (não que Jaime ligue muito pra isso).

Avatar
Rafael Mathias em 04.07.2012 às 15:50 Responder

Eu, particularmente não gostava do Jaime(todos tem um ódio mortal pelo que ele fez com Ned), mas quanto mais você lê sobre ele mais a raiva vai se tornando em pena ou algo do tipo. O amor que ele tem pela irmão é realmente tudo para ele e isso comove um pouco.

A gente que acompanha os livros tem que intender que na tv não tem como você subentender o que acontece, tem que ser mostrado mesmo e a cena da luta entre o homens de Robb e Brienne teve que ocorrer para mostra que Jaime viu que ela era mesmo tudo o que falava.

Avatar
Rafael Oliveira em 05.07.2012 às 15:03 Responder

Ás vezes Jaime me dá raiva por sua extrema arrogância! Ele REALMENTE não tem medo NENHUM da morte e não pensa duas vezes antes de ofender Brienne (qualquer um, na verdade). Acho que com o passar do tempo ele vai perdendo essa arrogância e passa a respeitar mais Brienne (aí já não sei se se aplica aos outros…). Mas que eu fiquei impressionado com as habilidades dela como “cavaleiro”, não só numa luta de espadas mas numa luta qualquer, ah eu fiquei sim… =O

Avatar
opoderosoresumao em 06.07.2012 às 14:00 Responder

Ela me impressionou também. Gostei mais ainda dela por causa disso. =)

Avatar
Rafael Felipe Gati em 06.07.2012 às 13:58 Responder

Jaime é uma personagem interessante. E a partir do momento que começamos a ler sob o ponto de vista dele, aprendemos mais sobre ele…

Ódio eu só tenho pelo que ele fez com Ned, mas o filho da mãe é cativante, no mínimo você passa a gostar dos capítulos dele.


 

Comentar