Arquivo da categoria 'Quadrinhos'



Resenha De Quadrinhos – Batman: A noite das Corujas (Parte 2)
por Thiago
em 06/10/15

Nota: Cuidado ao ler este texto, pode conter um spoiler ou outro. Gosto de avisar pois em uma resenha sobre a parte dois de uma saga, alguma coisa ou outra sobre a parte um pode acabar escapando. Batman – A noite das corujas  é a continuação de Batman- A corte das corujas, que já resenhei
Postado em: Quadrinhos
Tags: ,

Resenha De Quadrinhos – Turma da Mônica LIÇÕES
por Thiago
em 09/09/15

Nota:   Quando achei que “Laços” era o máximo do máximo, a dupla Cafaggi me traz “Lições”. Lu e Vitor se superaram, não só na história mas como nos traços. Tive o prazer de comprar a revista em um dos lançamentos que ocorreu em Belo Horizonte na agenda de eventos que antecede o FIQ, numa
Postado em: Quadrinhos
Tags: , , ,

Resenha De Quadrinhos – Os Vingadores
por Ragner
em 02/09/15

Nota:   Eis uma nova coleção que a Marvel lança para fãs de quadrinhos sobre os super-heróis que vem ganhando enorme importância nos cinemas. O primeiro número é sobre Os Vingadores, sobre muitos outros já estão sendo lançados. Outra coleção saiu ano passado e resenhei a HQ do Homem Aranha que também reunia várias histórias dos
Postado em: Quadrinhos
Tags: , ,

Resenha de Quadrinhos – Lola, a andorinha
por Gabriel
em 18/07/15

Lola, a andorinha Nota: Lola, a andorinha é uma coletânea de tiras de Laerte publicadas na Folhinha, caderno infantil do jornal Folha de São Paulo. A obra é produzida pela Cachalote, editora de outras duas obras que comentei anteriormente: Vizinhos, também de Laerte; e Aranha, de Luisa Dória. Comprei as três HQs em uma feira de quadrinhos, quando buscava obras escritas
Postado em: Quadrinhos
Tags: ,

Resenha de Quadrinho – Samurai Boy
por Thiago
em 15/07/15

Nota:   Vamos a mais um quadrinho independente. Dessa vez de um amigo que reencontrei na Comic Con Expirience em Sp, no fim do ano passado, o Danilo. O interessante aqui pra mim é que se trata de um trabalho voltado para um público mais novo, infantil mesmo. Quando eu era criança adorava revistas em
Postado em: Quadrinhos
Tags: ,

Resenha de Quadrinhos – Vizinhos
por Gabriel
em 11/07/15

Vizinhos Nota: Na mesma feira de quadrinhos em que comprei Aranha, minha resenha da semana passada, adquiri mais um volume da coleção Revista 1000. O formato padronizado e que restringe o autor a não utilizar texto deixa a coisa muito mais interessante e é campo fértil para artistas criativos. E Laerte Coutinho com certeza faz parte dessa
Postado em: Quadrinhos
Tags: ,

Resenha de Quadrinhos – Aranha
por Gabriel
em 04/07/15

Aranha Nota: Uma loja de discos, uma tarde de sábado e uma banca de venda de quadrinhos e zines. Foi lá que conheci a editora independente Cachalote e falei “tem algum quadrinho aí escrito por mulheres?”. Me responderam entregando Aranha, da Luisa Doria, e duas HQs da Laerte. É sobre esse primeiro quadrinho que falo hoje.
Postado em: Quadrinhos
Tags: ,

Resenha de Quadrinhos – Penadinho VIDA
por Thiago
em 01/07/15

Nota: Creio que já notaram o quanto estou gostando dos quadrinhos revisitados da Turma da Mônica, resenhei quase todos aqui. O último deles é “Vida”, sobre o Penadinho. Se você é muito jovem ou simplesmente não é muito ligado ao universo do Maurício de Souza, vai uma breve apresentação. Penadinho é o personagem principal da
Postado em: Quadrinhos
Tags: , , ,

Resenha de Quadrinhos – O Fantasma de Anya
por Gabriel
em 20/06/15

O Fantasma de Anya Nota: Esta história em quadrinhos surgiu para mim em uma lista americana de HQs obrigatórias para mulheres. Sendo uma obra escrita por uma mulher e elogiada por ninguém menos que Neil Gaiman, achei que seria justo dar uma chance. Além disso, a obra recebeu os prêmios especializados Harvey e Eisner em categorias para jovens, um
Postado em: Quadrinhos
Tags: ,

Resenha de Quadrinhos – Bordados
por Gabriel
em 06/06/15

Bordados Nota: Marjane Satrapi já apareceu por aqui com Persépolis, uma HQ excelente sobre a sua vida no Irã e as dificuldades principalmente políticas da época. Em Bordados, a proposta é bem diferente. A expressão que dá nome à obra é usada no Irã como a expressão “tricotar” é usada no Brasil, ou seja, como uma
Postado em: Quadrinhos
Tags: ,