Dica de série – Cobra Kai II
por Ragner
em 15/05/19

Nota:
Cobra Kai Season 1 Key art

Um ano se passou e a segunda temporada dessa, saudosista, série chega para a gente. Cobra Kai estreou pelo serviço de streaming no YouTube e, como fã de carteirinha dos filmes, não pude deixar de assistir. Voltei à minha infância quando resenhei a primeira temporada, que versa sobre a vida dos antagonistas do primeiro filme, 34 anos depois, e já estava ansioso para saber quais as consequências a partir dos atos e escolhas de cada personagem. Essa temporada vai além: O legado, a rixa, a disputa e os laços de família transcendem o que Johnny Lawrence (William Zabka) e Daniel LaRusso (Ralph Macchio) sentem um pelo outro.

A história segue exatamente de onde a temporada anterior parou. Logo após o campeonato de karatê e vitória do dojo Cobra Kai, um fantasma do passado surge. Johnny se depara com o retorno de seu antigo sensei – John Kreese (Martin Kove) – e passa a questionar o lema que seguiu a vida inteira: “Atacar Primeiro, Atacar Mais Forte e Não Ter Piedade”. Além de buscar um caminho que possa fazer dele uma pessoa melhor, ele precisa resolver como não mais ser influenciado por aquele que o moldou como um valentão.

A série reafirma sua formula sem maniqueísmos, mas trabalha mais na evolução emocional de Johnny. O outrora bad boy está disposto a aprender com os erros do presente e com as más escolhas do passado. Daniel, por outro lado, parece obcecado em atestar o quanto sua filosofia é a correta. Tanto um quanto o outro não arredam o pé de se confrontarem, mas tudo parece atingir Johnny de maneira que o faz questionar, muito mais, suas ações.

Personagens como Miguel e Hank, Robby e Samanta também vão adquirindo diversas camadas. O núcleo adolescente, vai além dos 4 personagens, se aprofunda nos questionamentos que os envolve: dúvidas, revoltas, relacionamentos, amizades, bullying e aceitação. A guerra entre os dojos ultrapassam os sentimentos dos protagonistas e atingem em cheio as vidas dos alunos. Mais alunos começam a praticar karatê, mais inimizades acontecem e mais intrigas surgem.

Assim como na 1ª temporada, a série é paga. Ano passado foi possível comprar cada episódio, agora o Youtube disponibilizou pelo serviço premium, por mensalidade. Já foi confirmada a renovação para 3ª temporada e, ao que parece, com a aparição de outro personagem importante do filme original.

Uma das coisas que mais emocionava na temporada anterior eram todas as situações de mal entendido e possível conciliação entre os protagonistas e isso permanece aqui. As cenas de luta eram um pouco toscas, mas estão muito melhores, com uma coreografia mais verossímil.

A nostalgia continua em alta, trilha sonora permanece perfeita e um final com um gancho ainda maior do que antes. Cobra Kai só melhora.


Postado em: Dica de série
Tags: ,

Nenhum comentário em “Dica de série – Cobra Kai II”


 

Comentar