Quarentena com o Poderoso – Séries
por Patricia
em 23/03/20

As coisas não andam tão boas assim no mundo, ultimamente. Se você mora em um dos 166 países que já confirmaram casos de coronavirus, então está ciente dos riscos. Se você der muita sorte, tem um Presidente e um time prontos para dar uma resposta à essa crise global.

A quarentena parece que chegará para todos. Já pensando nisso, decidimos montar algumas listas do que você pode ler, ouvir, assistir, pensar e afins enquanto lava muito as mãos e se prepara para não sair de casa por um tempo.

Nessa primeira coluna do “Quarentena com o Poderoso”, vamos falar de séries lançadas recentemente que vão te ajudar a sair um pouco desse mundo maluco que vemos nos noticiários. De quebra, vamos falar dos novos serviços de streaming (Apple e Amazon) que chegaram recentemente ao país. Fiquem em casa e bora falar do que fazer nesse tempo.

The Morning Show

A série que trouxe Jennifer Aniston de volta às telinhas (e ja lhe rendeu alguns prêmios de melhor atriz com a primeira temporada), vai tocar em um assunto muito atual: o movimento Me Too e os casos de assédio sexual nas gigantes de entretenimento dos Estados Unidos. Inspirada de leve no que aconteceu com Harvey Weinstein e usando muito do que aconteceu com o apresentador Matt Lauer, a série já começa com a queda do adorado apresentador Mitch Kessler (Steve Carrell) com quem Alex Levy (Jennifer Aniston) trabalha há 15 anos apresentando um programa matinal de notícias. A queda de Kessler escancara problemas muito mais sérios da indústria: a cultura de permissividade para astros de televisão, a cobertura de casos absurdos e uma constante guerra de poder. A série é viciante. São 10 episódios de 1 hora na 1a temporada e já foi renovada para a 2a temporada.

A série foi lançada pelo Apple TV+, serviço de streaming de assinatura da Apple que chega ao Brasil para competir com a Netflix. Ao custo de R$10,90/ mês, ainda é o serviço com menos opções considerando Netflix e Amazon, mas com grandes promessas de investimento e mais séries vindo por aí. Fácil de acessar de qualquer dispositivo.

Hunters

Se estamos falando de entretenimento, Hunters dá conta do recado. A série, que trouxe Al Pacino em seu primeiro trabalho para a televisão e é produzida por Jordan Peele (diretor do ótimo Get Out), se passa na década de 70 e vai contar a história de um grupo peculiar de personagens que trabalham caçando os nazistas que vivem nos Estados Unidos como se a Segunda Guerra nunca tivesse acontecido. E aqui estamos falando de nazistas de altos níveis hierárquicos do Terceiro Reich, ou seja, aqueles que ativamente operacionalizaram o terror de Hitler. Nos EUA, vivem como americanos tranquilos, com trabalhos bem remunerados e se organizando na surdina. O grupo tem personalidades divertidas, apesar da série não ser tão regular em qualidade. Alguns episódios são muito melhores que outros mas, no geral, o saldo é positivo. São 10 episódios da 1a temporada, de 1 hora cada um. Ainda não foi anunciado se haverá uma 2a temporada.

A série saiu pelo serviço de streaming da Amazon, o Prime Video. Com custo de R$ 9,90/mês é um concorrente pesado para a Netflix. A Amazon está investindo pesado em séries originais (destaque máximo para Fleabag que dá para perder o ar de dar risada) e vem com promessas boas para 2020.

Sex Education

Originalmente lançada em janeiro de 2019 pela Netflix, a série tem a premissa clássica de uma série baseada em uma escola secundária. Mas o que a diferencia é que ela aborda os temas atuais como homofobia, bullying e violência de forma muito direta, objetiva e hilária. Narrada pelo jovem Otis, um esquisitão cuja mãe é terapeuta sexual (e interpretada maravilhosamente bem pela incrível Gillian Anderson), vemos que os jovens do nosso tempo têm tantas dúvidas quanto antes – mesmo que tenham à sua disposição mais informação do que nunca. Com tanto tema pesado é difícil de imaginar que eles conseguiriam criam uma série leve e capaz de fazer você passar mal de rir, mas conseguiram. Daquelas que te fazem rir e pensar ao mesmo tempo. Já foram lançadas duas temporadas com 8 episódios de 1 hora em cada.

Narcos: México

Se a primeira temporada de Narcos: México nos mostrou a nova forma de organização dos cartéis mexicanos, a segunda vai nos deixar na porta da violenta guerra que conhecemos hoje. A ascensão e queda do Cartel de Guadalajara narrada por um oficial do DEA (Departamento anti-droga dos EUA) é chocante mas não surpreendente. Mesmo se você acompanhar notícias e a história dos cartéis, há muito nessa temporada que não chegou a nós porque temos nossa própria guerra com narcos acontecendo. Já foram 2 temporadas com 10 episódios de 1 hora cada e também já foi anunciado que haverá uma 3a temporada e, nesta, devemos ter uma visão ainda mais clara do reinado de El Chapo, talvez o narcotraficante mais famoso atualmente.

BÔNUS: The Office US

Se tem uma coisa maravilhosa que o Prime Video me proporcionou nesses dias em casa, foi a disponibilidade de todas as temporadas de The Office. A série acabou em 2013, mas segue tão atual como nunca. A serie se passa na pequena cidade de Scranton, Pensilvânia, no escritório de uma empresa que vende papéis. Lideradas pelo gerente Michael Scott (Steve Carrell) que tem zero de noção sobre qual é seu trabalho. É a receita para rir muito e descobrir que aquela situação bizarra que você viu na sua empresa cairia aqui como uma luva. São 9 (!!) temporadas e, tirando a 1a que teve 6 episódios apenas, todas tem mais de 20 (!!!) com episódios de meia hora. Ou seja, é diversão garantida por um bom tempo, que é o que precisamos nessa hora.

Postado em: Dica de série

Nenhum comentário em “Quarentena com o Poderoso – Séries”


 

Comentar