Domingo dos Quadrinhos – Assim Falava Zaratustra (Dos Céus Aos Quadrinhos)
por Gabriel
em 08/07/12

Nota:

Assim Falava ZaratustraAssim falava quem? Você deve estar se perguntando quem raios é Zaratustra. Se não está, com certeza está se perguntando como esta figura criada por Nietzsche foi parar no nosso dia reservado a resenhas de quadrinhos.

A resposta veio pela autora: Thaís dos Anjos é designer, ilustradora, paulistana e amiga de infância deste que vos fala. Apesar do viés óbvio, prometo que a obra é boa. Muito boa.

Nietzsche compôs com Zaratustra uma obra complexa, que aborda questões filosóficas, a existência de um ser superior e a própria existência humana. Nesta adaptação, a autora procurou utilizar toda a profundidade do assunto para criar uma obra de arte. Mais do que uma história em quadrinhos, trata-se de uma obra de arte de qualidade, com traço diferenciado e cores que se assemelham muito mais às artes plásticas do que propriamente a uma HQ.

O tema não deixa de ser complexo no quadrinho, mas passa a ser o pano de fundo para um belo ensaio da autora, que cria cenas e imagens muito bonitas com base nos pensamentos do personagem principal.

Assim Falava Zaratustra é o “debut” de Thaís como autora de HQs, e demonstra pretensão (no bom sentido) de abordar temas não convencionais. A obra de Nietzsche foi um dia utilizada como inspiração pelos criadores do Super-Homem, aquele mesmo. Não deixa de ser um bom presságio.

Postado em: Quadrinhos
Tags: , ,

3 Comentários em “Domingo dos Quadrinhos – Assim Falava Zaratustra (Dos Céus Aos Quadrinhos)”


Avatar
Rafael Felipe Gati em 09.07.2012 às 13:09 Responder

E quem não leu a obra de Nietzsche, ficará perdido lendo essa HQ?

Avatar
Gabriel (Trovão) em 09.07.2012 às 18:52 Responder

Rafael, pode ir sem medo! Eu nunca li a obra original também… A HQ vale como uma obra de arte isolada :). Valeu!

Avatar
Rafael Felipe Gati em 10.07.2012 às 12:06 Responder

Bom saber, bom saber.

Despertou interesse pelos dois agora na verdade. Tendo a oportunidade começo por um deles.


 

Comentar