Semana de Cinema – Vicky Cristina Barcelona
por Ragner
em 31/05/13

Nota:

images (2)

Duas amigas, com duas vidas diferentes, observações diferentes sobre a vida viajam de férias para Barcelona. Defender que uma é Yin e a outra Yang pode ser exagero de minha parte, mas fica claro que existe muito de razão centrada em uma e emoção passional em outra. Assim são Vicky e Cristina, a morena e a loura, a intelectual e a artista, ambas lindas e sensuais. Enquanto Vicky está noiva, Cristina está em seu momento de aventuras. Ambas são muito bem resolvidas como mulheres, possuem algumas perspectivas do mundo em comum, mas quanto ao amor, seus ideias são bem distintos e aproveitam a viagem da forma que melhor se adapta as suas personalidades.

Após uma exposição de arte, ambas estão jantando e Cristina fica de olho em Juan Antonio, um pintor que possui um charme e uma sexualidade que a fascina. Sem firulas ou meias palavras, Juan se aproxima das duas e lança uma oferta: viajar com ele para uma cidadezinha aconchegante, jantar e fazer sexo a três. Impressionada com a proposta do homem que mal conhece, Vicky se espanta e pensa em negar, mas Cristina se interessa ainda mais pelo galante artista.

vicky-cristina-barcelona-vicky-cristina-barcelona-08-10-2008-05-09-2008-11-g

Os três viajam, Vicky se mantêm distante enquanto Cristina e Juan se aproximam mais. O envolvimento entre os três se dá em situações distintas e ao seu tempo. Juan vai conquistando cada uma a sua maneira e construindo um triângulo amoroso peculiar, até que seu relacionamento problemático com sua ex-esposa Maria Elena volta a dar as caras. Vicky retorna à sua vida, com seu noivo e suas prioridades enquanto Cristina vai vivendo com Juan e Maria Elena.

vcb1

Com o tempo Vicky sente falta de um algo a mais e percebe que sua vida pode encaminhar para uma rotina sem grandes expectativas e Cristina vai se cansando de ser apenas mais uma na vida de Juan e de como não tem certeza do que deseja. Mas Maria Elena e Juan permanecem em uma relação conturbada. E é nesse embaraço amoroso que vamos assistindo a construção de um conto de sobre ligações sentimentais e sexuais com uma graça psicológica comum nos filmes de Woody Allen.

Há narrações em várias cenas explicando situações em que os personagens podem parecer somente parte do cenário e isso deixa o filme mais interessante ainda, como em um livro sendo comentado e que vai nos inseridos nas ações que vão acontecendo. Todo o encantamento das cidades espanholas são adoravelmente explorados e a personificação do amante latino é claramente exposta no protagonista muito bem interpretado por  Javier Bardem e temos em Penélope Cruz a realização apaixonada de uma romântica intensa e viril. Eis um filme agradável de se assistir em uma tarde tranquila ao lade de alguém juntamente agradável.

 

Postado em: Semana de Cinema
Tags:

Nenhum comentário em “Semana de Cinema – Vicky Cristina Barcelona”


 

Comentar