Participação Especial – A fantástica vida breve de Oscar Wao
por Poderoso
em 18/02/18

Nota:

Resultado de imagem para A Fantástica Vida Breve de Oscar Wao

Por Juliana Costa Cunha do IG @coisasqueleio

“Que importância tem uma vida breve e anônima?”

Oscar Wao é um Nerd. Com todas as características de um Nerd. Com a exceção de que ele é alucinado por mulheres e tem como meta de sua vida perder a virgindade (e isso também é um pouco Nerd, né?).  Mas, se olharmos por outro lado, Oscar passa a vida tentando se adequar aos padrões dos machos Dominicanos. Aqueles caras que pensam e vivem sexo 24h por dia.

A Fantástica Vida Breve de Oscar Wao foi o livro ganhador do Prêmio Pulitzer de 2008. Seu autor, Junot Díaz, nasceu na República Dominicana e viveu a pobreza em Nova Jersey, onde naturalizou-se. Díaz é um autor profundamente envolvido em causas que o vinculam às suas origens onde se passa a história do livro. É um livro bem curioso, cheio de referências ao mundo Nerd (ficção científica, quadrinhos, HQ e filmes) e que faz uso de uma linguagem bem contemporânea.

Como o próprio título já diz, Oscar Wao terá uma vida breve (e fantástica dependendo do seu ângulo de visão). Oscar pertence à família De León, uma família marcada por diversas tragédias entre seus pares, que ao longo do livro vão sendo relatadas. Ele acredita que tais tragédias são provocadas por uma maldição denominada Fukú, que atingiu sua família desde a geração de seu avô.

Uma das coisas bacana no livro é perceber que Oscar é um personagem tão insignificante que o autor não o faz personagem principal de sua própria história. Ao contrário do que o título sugere a vida breve de Oscar Wao é tão somente pano de fundo para que Díaz possa discorrer sobre as atrocidades cometidas durante a ditadura de Trujillo (1930-1960) e às questões sociais da época na República Dominicana.

Usando de bastante ironia, citações a outros autores e de diversas referências do mundo Nerd, o autor traça sem dó as dificuldades vivenciadas nesta época, os costumes locais, a extrema pobreza da população, o machismo e a total objetificação das mulheres.

Acredito que é importante salientar que mesmo com tantas referências Nerd a pessoa que estiver lendo, não sendo conhecedora dos personagens citados (eu me incluo neste aspecto), não vai se perder na leitura. Há no livro diversas notas de rodapé, que explicam os personagens. Além disso, essas notas são outro ponto positivo na obra. Elas não possuem uma linguagem técnica. Muito pelo contrário. O autor, na maioria das vezes, escreve na primeira pessoa e fala diretamente com a/o leitor/a. É uma experiência bem interessante.

Curti e indico a leitura. Apesar do tema denso, a linguagem fluida e coloquial utilizada pelo autor torna a leitura prazerosa. É um livro sensível, que nos faz refletir sobre padrões sociais e como nos encaixamos nele (ou não).

Postado em: Participação Especial, Resenhas
Tags: , ,

1 Comentário em “Participação Especial – A fantástica vida breve de Oscar Wao”


Ana Paula Antunes Ferreira em 20.02.2018 às 09:40 Responder

Já estou anotando aqui porque sua resenha me deixou curiosíssima!


 

Comentar