Resenha – Branca dos Mortos e os sete zumbis
por Thiago
em 18/12/13

Nota:

 

images (12)

Branca dos Mortos e os sete zumbis foi lançado pela primeira vez numa edição limitada e muito caprichada, com uma capa dura incrivelmente bonita, sendo vendida apenas pela Internet pelo selo NerdBooks do site Jovem Nerd. Agora, foi relançado pela Globo Livros em larga escala.

A obra ainda conta com ótimas ilustrações de Michel Borges, que acompanha o autor desde seus primeiros projetos (Combo Rangers). As ilustrações homenageiam os desenhos clássicos dos contos de fadas, com toques sombrios,

Um livro que foi pra mim uma grata surpresa, afinal quando o li não sabia muito bem o que esperar. Mesmo um grande amigo meu, de gosto literário similar, falando muito bem do livro, eu achava que era algo mas infanto-juvenil. De todo eu não estava errado, o livro é sim meio infanto-juvenil, meio para um público adolescente, mas qual o problema nisso? Nenhum, pelo contrário.

Fico muito feliz ao encontrar literatura fantástica e de terror nacional de tão boa qualidade, principalmente quando um público de idade variada pode ler o livro sem ter sua inteligência ofendida.

Abu Fobia, o anagrama e persona macabra de Fábio Yabu, autor que não é novidade nas minhas resenhas faz aqui algo que eu sempre quis fazer, imagino que pra muita gente que gosta de ler e escrever histórias de terror também. Abu reconta aqui 11 contos “infantis” que crescemos ouvindo, entretanto com sangue, zumbis, animais falantes, fantasmas e morte, muita morte.

Dentre elas encontramos histórias como a da Branca de Neve, Cinderela, Rapunzel, Os 3 porquinhos. Temos em mão referências que vão de Hans Christian Andersen a Edgar Allan Poe, passando por H. P. Lovecraft, Neil Gaiman e os irmãos Grimm.

Os contos de fadas não foram feitos simplesmente para entreter, assim como este livro não é, mesmo que para os leitores mais desatentos pareça muito que seja. Essas histórias sempre tiveram um teor educativo, isso mesmo, se você esta de férias e lendo este livro de certa forma esta estudando, olha só que nerd você é…

Contar histórias era, assim como transmitir os mitos na Grécia antiga, uma forma de passar adiante costumes, valores e crenças. Tais ensinamentos ocorriam pela oralidade, e como diz o ditado “quem conta um conto aumenta um ponto”, eles ganhavam versões variadas, assim como os contos infantis ganhavam pequenas adaptações de acordo com a região  e época em que eram narrados.

Aqui as adaptações não são nada pequenas, mas conseguimos perceber sem grande dificuldade sobre qual história se trata, as vezes o título da história já estraga a surpresa.

O mais bacana é que Yabu consegue costurar as histórias de forma bem sutil e nada forçada. Por isso e por brincar com histórias clássicas podemos dizer que é uma obra bem ousada, mas digo que é uma ousadia que deu muito certo.

Boa leitura a todos!!

 

images (10)

 

Postado em: Resenhas
Tags: , , , ,

Nenhum comentário em “Resenha – Branca dos Mortos e os sete zumbis”


 

Comentar