Resenha – Fama & Loucura
por Bruno Lisboa
em 30/01/19

Nota:


Desde 2014 desenvolvo no Scream & Yell o trabalho voluntário de jornalista cultural. No início, grande parte dos meus textos (que podem ser lidos aqui) eram resenhas de filmes, discos e shows, mas desde 2015 tenho apostado num nicho que me renderia meus maiores prazeres ligados à profissão: o ato de entrevistar.

Por mais simples que uma entrevista possa parecer, entrevistar alguém envolve um conhecimento profundo não só do artista e sua obra, mas também deve dizer respeito ao que o mesmo pensa sobre o mundo ao seu redor. E a partir destas breves premissas, de lá para cá tenho conseguido realizar boas conversas que muito me orgulham de terem sidos feitas. Mas será que o universo das perguntas e repostas se resume a “só” isso? Quais outros caminhos, afinal, uma entrevista poderia seguir? Tentando encontrar estas respostas me deparei com Fama & Loucura.

Escrito por Neil Strauss, a obra nada mais é que uma compilação de décadas de bons serviços prestados ao jornalismo cultural para diversas publicações, mas tendo como recorte trechos de entrevistas que não foram utilizadas/publicadas em suas respectivas épocas. As mesmas tem como elemento comum algum momento em que o artista foi desnudo, trazendo à tona algo íntimo, sincero e revelador.

Se na vida cotidiana é tarefa das mais difíceis conquistar a confiança de alguém, no jornalismo não é diferente. Porém, Strauss consegue-a com tamanha destreza que soa como se o autor conhecesse o entrevistado(a) há décadas. E esta qualidade acabou por fazer dele alguém confiável para relevar algo que não diria para ninguém. E por mais que a capa do livro faça alusão a celebridades da cultura pop, Neil também dá voz a pessoas desconhecidas, mas que não deixam de serem interessantes.

Difícil é pontuar quais são os melhores momentos desta compilação. Contudo, as entrevistas desconcertantes com Lenny Kravitz, Led Zeppelin, Tom Cruise, Bruce Springsteen, Liam Gallagher (Oasis) se destacam.

Inspirador, Fama & Loucura  é um grande exercício sobre as potencialidades do jornalismo cultural. É também leitura das mais prazerosas e seguirá como livro de cabeceira para aqueles que querem e esperam saber mais daqueles que admiram.

Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Nenhum comentário em “Resenha – Fama & Loucura”


 

Comentar