Resenha – Longe de casa
por Bruno Lisboa
em 25/09/19

Nota:

Num dos momentos mais emocionantes, neste pesado ano de 2019, foi protagonizado pela banda punk inglesa Idles. Durante a apresentação do grupo no festival Glastonburry o vocalista Joe Talbot foi as lágrimas durante a canção “Danny Nedelko”, hit instantâneo do ótimo disco “Joy as an act of resistance” lançado do ano passado, causando comoção do público presente. A mesma presta homenagem a um amigo ucraniano que tivera de abandonar seu país de forma abrupta em prol de uma vida melhor.

Mas o que haveria o Idles e a ativista Malala em comum? A resposta é simples. Ambos, cada um a sua maneira, levantam bandeiras contra nacionalismo exacerbado e defendem os direitos de imigrantes/refugiados mundo a fora. E este é o foco de Longe de casa, livro mais recente da autora que aborda umas questões mais gritantes dos nossos tempos.

Em Longe de casa Malala utiliza de sua história pessoal como ponte para trazer outras tantas histórias de luta. Nascida no Paquistão, Malala e sua família sofreram com as agruras locais devido a uma guerra civil instaurada, resultando num movimento de migração em massa para outros países.

Malala encontraria refúgio na Inglaterra, mas o fato de terem asilo num outro país não impediu que ela seguisse na luta por um mundo melhor, principalmente no quesito quanto a importância da educação e da maior participação das mulheres no processo. Tanta luta acabou por resultar a ela, inclusive, um prêmio nobel da paz em 2014.

Mas se a sua trajetória é marcante (e já foi registrada em Eu sou Malala, obra já resenhada por aqui), há outras tantas pelo globo e isto motivou a autora a buscar e registrar (com o auxílio da jornalista Liz Welch) a história de mulheres que, assim como ela, travaram batalhas ao abandonar seus países de origem devido a guerras internas, acabaram por perder familiares e a sua própria identidade em prol da sobrevivência.

Num mundo marcado por conflitos de diversas naturezas, conhecer a trajetória de luta destas mulheres em Longe de casa serve não só como alento para tempos difíceis como também de inspiração para que sigamos na luta por um mundo onde haja maior respeito e igualdade entre os cidadãos.

****

O livro foi enviado pela editora.

Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Nenhum comentário em “Resenha – Longe de casa”


 

Comentar