Resenha – Um Grito De Amor Do Centro Do Mundo
por Ragner
em 21/02/14

Nota:

images

Historias de amor não são exatamente minha literatura favorita, mas existe a possibilidade de me entreter e convencer a ler, quando o enredo aparenta ser interessante. Confesso que a priori minha intenção de ler esse livro foi por causa da capa. Precisava de um livro com capa bonita e esse foi um que me chamou a atenção e acabei comprando. Outro fato é de que querer ler um pouco mais de literatura japonesa. As cores, principalmente o azul, o efeito de janela molhada e a garotinha japinha me convenceram a escolher tal livro, mas digo que foi uma grata surpresa, gostei também do livro, a história de amor de duas crianças que crescem com a intenção de viver a vida inteira juntos, foi bem construída e o autor ainda conseguiu ir além.

O livro já começa sem intenção de criar surpresas ou esperanças. Uma das personagens principais já está morta e o outro protagonista vai narrando tudo o que acontece com um pesar enorme no coração. Sakutarô, um garoto apaixonado, desde pequeno, por sua amiga Aki, viaja com os pais, dela, para a Austrália, levando suas cinzas. Entre fatos do passado e do presente, vamos acompanhando a história dos dois jovens amantes, que desde criança eram inseparáveis e que cresceram fazendo juras de amor. Mas a vida não os contemplou com o que desejavam.

Da Austrália, Sakutarô vai narrando seu presente, como o mundo não faz mais sentido sozinho, sem sua melhor amiga e seu amor. Quando a história se passa no Japão, vamos entendendo o passado dos dois, como tudo começou e como seus dias eram mais felizes e cheios de experiências únicas. Desde a descoberta do sentimento que os uniu, os desejos sexuais e a tristeza causada pela doença de Aki, Sakutarô relata como a menina linda e inteligente, que chamava a atenção de todos os outros, acabou o escolhendo para ser seu amigo mais próximo e, com o passar do tempo, mais íntimo.

Com o tratamento de Aki, seguimos o sofrimento de um amor que se depara com a morte e como isso vai sendo vivido por Sakutarô, um garoto tímido, em alguns momentos inseguro, que vai amadurecendo e crescendo tendo que enfrentar uma violenta realidade.

Como já tinha resenhado O Oceano No Fim Do Caminho, que possui uma capa lindíssima, tive que procurar outro livro, mas quero deixar o registro de que minha 1ª escolha seria o livro do Neil Gaiman.

 

1473061_188536781340275_77892120_n-320x118

Postado em: Resenhas
Tags: , , ,

Nenhum comentário em “Resenha – Um Grito De Amor Do Centro Do Mundo”


 

Comentar