Resenha de Quadrinhos – Monstros!
por Thiago
em 12/03/14

Nota:

Monstros

 

 

Vamos hoje de algo bem diferente, um quadrinho sem fala, sim pessoas não tem nada escrito nele. Ai você para e me pergunta: “poxa, mas isso é literatura?”. Claro, porque não seria?

Aqui fazemos um exercício diferente, ao invés de criarmos as imagens na nossa cabeça, criamos as palavras, mas sinceramente, nem precisa de palavra, as imagens aqui são tão ricas que as falas brotam naturalmente.

A Hq em questão é Monstros de Gustavo Duarte, que já apareceu aqui no site com sua versão de Chico Bento para a coleção de releituras da turma da Mônica. Gustavo ficou muito conhecido por suas tirinhas para o jornal esportivo Lance e pelas revistas Có, Birds, Monstros e Taxi, todas com sua característica peculiar de não ter fala. suas histórias se contam através do cenário e das expressões dos personagens.

Neste ano de 2014, Gustavo teve uma edição especial denominada Monsters and other stories publicada nos EUA pela editora Dark Horse Comics, nela estão as histórias Có, Monstros e Birds.

Monstros trata simplesmente de criaturas gigantescas e claro, monstruosas, invadindo uma cidade, mas aqui não temos nada como as já batidas Nova York e Tóquio, a invasão se dá no Brasil e também não é no Rio de Janeiro ou em São Paulo e sim em Santos.

Gustavo mostra-se uma apaixonado por monstros japoneses, algo que pode ser notado antes mesmo de começar a ler o livro, basta prestar a atenção na dedicatória ao Dr. Gori, principal vilão da série Spectreman. As páginas estão repletas de detalhes, easter eggs do mundo nerd, de ficção científica e de histórias de fantasia, ou seja, preste bastante atenção nas páginas.

Não pense que nosso desenhista simplesmente botou Santos abaixo e pronto, toda cidade precisa do seu herói e aqui temos o Senhor Pinô, dono do bar do Pinô, um buteco aconchegante de um dono cheio de histórias de pescador pra contar e vários truques nos bolsos.

Dou 5 copos de cerveja artesanal de qualidade, da reserva especial do Seu Pinô pra essa revistinha que pode agradar a diversos leitores, mas talvez o leitor que não esteja familiarizado com suas referências possa não conseguir aproveitar a obra como ela merece, ou seja, não é uma revistinha de fácil leitura, pois nos coloca dois desafios, o primeiro é mergulhar na proposta do novo, caso o leitor não esteja disposto a algo diferente melhor nem começar. O outro desafio é perceber as referências que compõem o texto e na maioria das vezes estão meio que escondidas, mas mesmo quando estão bem na sua cara você pode não entender a sacada.

Bons monstros a todos!!!

06

Postado em: Quadrinhos
Tags: , ,

Nenhum comentário em “Resenha de Quadrinhos – Monstros!”


 

Comentar