Resenha – Manual de gerência Dogbert – Top secret
por Thiago
em 19/08/14

Nota:

download (29)

 

Vamos falar um pouco de humor, aproveitando a morte de Robin Willians e o desfio do tigre que trata desde delicado e extinto assunto. Não quero aqui entrar em uma discussão sobre as fronteiras do politicamente correto, da chatura e da ofensa, pra refletir um pouco sobre isso linko (nem sei se essa palavra existe) um texto de um amigo meu que li esses dias, o Lucas.

O livro que quero apresentar pra vocês é escrito pelo norte-americano Scott Adams, graduou-se na Faculdade de Economia de Hartwick, em 1979. Exercendo profissão na área durante quase vinte anos, em 1988 começou a desenhar tiras, criando os personagens Dilbert e Dogbert. Apresentou-os a algumas empresas do ramo, mas foi recusado por quase todas. Chegaram a sugerir-lhe que aprendesse a desenhar melhor ou que fizesse parceria com alguma pessoa que tivesse mais experiência.

images (33)

Bom, seus dois personagens principais tem como meio ambiente o mundo corporativo, Dilbert é um funcionário que tenta sobreviver em meio a este mundo caótico das grandes empresas, além disso é engenheiro e trabalha em uma empresa de tecnologia. Tem trinta e poucos anos, é gordinho e seu sonho é ser promovido e ter uma sala de verdade em vez de um cubículo/baia

Dogbert por sua vez é o cachorro fofo e de óculos de Dilbert, porém quando se trata do mundo emrpesarial ele é especialista no quesito chefia. Antes de ler este livro ou qualquer outra obra de Scott Adams é necessário saber se você compreende o que são metáforas e principalmente o que é ironia. Caso não saiba, por favor cuidado, principalmente se você for gerente.

images (31)

Aqui, Dogbert o cão, te ensina a arte de gerenciar, com mãos de ferro em um mundo onde a lógica não é necessária mas a aparência sim. O livro de 1997, lançado no Brasil pela Ediouro, intercala tirinhas com textos sobre o assunto de seus capítulos, que ao todo são sete, mais a conclusão e os apêndices A e B. Os temas versam sobre agir como gerente, motivar funcionários e remuneração.

images (32)

Provavelmente você reconhecerá aqui alguns chefes que já teve ou até mesmo tem na vida, alguns colegas de trabalho e até mesmo você, que anda triste e insatisfeito com sua vida dentro da baia se perguntando por que raios está fazendo aquele trabalho mesmo.

Sempre fui o cara de pedir demissão, de me sentir frustrado, de ter necessidade de compreender o funcionamento da empresa em que me encontrava e encontro e no fim de ter uma dificuldade tremenda de vestir a tal “camisa”, Dogbert me fez entender bem os motivos desse meu comportamento. Aqui entendi que aquela frase atribuída a Otto Von Bismark, que diz “Os cidadãos não poderiam dormir tranquilos se soubessem como são feitas as leis e as salsichas” também poderia ser adaptada para nuguets de frango e modelos de gerência.

Este livro me remete a ideia de algo ridículo, não que o livro seja, mas as situações que ele retrata e que fazem, fizeram ou um dia farão parte da sua vida de trabalho, são simplesmente ridículas, ou seja, risíveis. Devemos rir das nossas mazelas, e utilizar esse humor como combustível pra mudar aquilo que nos incomoda.

Boa leitura e risadas para vocês, que assim como eu são ridículos!!

1473061_188536781340275_77892120_n-320x1181

Postado em: Quadrinhos
Tags: , , ,

Nenhum comentário em “Resenha – Manual de gerência Dogbert – Top secret”


 

Comentar