Resenha – A ditadura acabada
por Thiago
em 09/11/16

Nota:

gaspari-2

 

No meio deste ano foi lançado, pela nossa parceira, a editora Intrínseca, o quinto livro da série escrita pelo jornalista Elio Gaspari sobre o período de ditadura militar no Brasil. Os quatro volumes anteriores — A Ditadura Envergonhada, A Ditadura Escancarada, A Ditadura Derrotada e A Ditadura En­curralada — foram publicadas entre 2002 e 2004, 12 anos depois Gaspari fala dos momentos finais deste período nefasto da história brasileira.

gaspari-1

Neste volume são contadas duas histórias: a dos últimos 14 meses do governo Geisel, contando com a queda do então ministro do Exército, Sylvio Frota, em 1977, até a presidência ser entregue a Figueiredo. Na outra história apresentada, o livro trata do governo de Figueiredo em três momentos “explosivos”: o fiasco econômico, a do Riocentro de 81 e o movimento para as diretas já dois ano depois. O livro segue para a candidatura de Tancredo Neves, sua eleição, morte e a posse do seu vice Sarney.

O ítalo-brasileiro Gaspari nos traz o fechamento de uma coleção essencial para aqueles interessados na história brasileira (falamos do primeiro volume aqui), não digo que é a obra mais profunda sobre esta “página infeliz da nossa história”, mas é bem completa e de leitura acessível ao grande público. A princípio, essa adição à coleção não seria feita, mas pela dimensão que a coleção tomou e, creio, que pela pressão editorial, acabou saindo. A coleção, além de ser uma importante obra jornalística sobre a nossa história, é sobre personagens de extrema relevância, muitos não presentes nos livros e aulas de História que você teve na escola, outros velhos conhecidos nossos como Aécio e Lula.

Algumas épocas da História brasileira me chamam muita atenção e esta é a que ocupa maior parte das minhas prateleiras nesse gênero. Mesmo assim não sou nenhum especialista, apenas um grande curioso. Em um futuro próximo pretendo resenhar mais livros que tratam deste período aqui (ao final da resenha do primeiro volume dessa coleção há uma lista de outras resenhas de livros e filmes que fizemos em 2014, ano que marcava os 50 anos do Golpe Militar). Assim, este que trata do fim é o começo de mais algumas resenhas sobre o tema.

A primeira parte, sobre o governo Geisel, juntamente com a parte quatro e cinco, de 82 ao final, merecem atenção especial. Elas mostram uma pesquisa cuidadosa, detalhes e personagens. Nesta quinta parte temos um epílogo, que é pra mim a melhor coisa do livro, intitulado 500 vidas. Nele Gaspari nos apresenta brevemente a trajetória de quinhentos personagens que fizeram parte deste processo, tanto se opondo quanto fazendo parte deste golpe antidemocrático. Estre trecho é dividido em grupos como presidentes, ministros, generais, expurgados de 64, cassados de Geisel, empresários, imprensa, governadores, elite parlamentar, ministério de Tancredo, diplomatas estrangeiros, diplomatas brasileiros, personagens da dívida, universidade, igreja, SNI, CIE, DOI, “casa da morte”,o CISA e o Cenimar, o porão, os “cachorros”, Araguaia, a “torre das donzelas”, exilados e banidos.

Entenda que aqui você não terá páginas imparciais, a assinatura do autor é notória entre fatos, datas e entrevistas e ela se dá através da ironia, marca de Gaspari em seu trabalho como colunista em jornais de relevância no país. Assim sendo, temos um livro que te traz tramas políticas que fazem Temers e redatores de House of Cards morrerem de inveja. Fica o convite pra você conhecer um pouco mais sobre política e sobre a história árdua e frágil da nossa “democracia”.

Em anos como este 2016 digo que conhecer a nossa História é um dever de todo cidadão. Leia, estude, pois na vida podem te tirar tudo menos o conhecimento adquirido.

***

O livro foi enviado pela editora.

SELO_BLOGSPARCEIROS_2016

Postado em: Resenhas
Tags: , , ,

Nenhum comentário em “Resenha – A ditadura acabada”


 

Comentar