Resenha – A Firma
por Ragner
em 20/12/13

Nota:

images

Meu 1º Grisham, nunca esquecido, que de cara já me fez querer ler mais dele e, possivelmente, gostar de algo relacionado a Direito (não, não seria nem serei advogado, mas livros sobre, filmes e seriados até que gosto), já que a maioria de suas histórias tem a ver com esse mundo de intrigas legais e narrativa entre tribunais.

Foi a 1ª vez também que li sobre advogados corporativos e não somente aqueles de tribunais civis ou trabalhistas, grandes empresas com vários advogados servindo aos seus propósitos me pareceu bem interessante e uma das minhas séries favoritas tem exatamente isso (Suits). Aqui acompanhamos a história de Mitch McDeere que acaba de se formar em direito e consegue ingressar em uma grande empresa, para ganhar um salário altíssimo e trabalhar sem cessar, mas Mitch é um jovem entusiasta, empolgado e tudo está indo muito bem para seu início profissional. Recém casado também, sua nova vida parece ir bem com sua amada esposa, casa, carro e quase tudo que o dinheiro pode comprar, mas com o tempo, tempo é o que ele parece ter de menos.

Mitch vai trabalhando cada vez mais, começa a ser um dos 1ºs a chegar e um dos últimos a sair, estando completamente comprometido ao serviço, e isso vai deixando-o cada vez mais por dentro de tudo o que acontece na empresa. Suspeitas de negócios ilícitos, lavagem de dinheiro e envolvimento com a máfia passam pelas suas mãos e olhos e tudo se concretiza quando um agente do FBI o aborda e intima a ajuda-lo a desmascarar sua firma, mas nem tudo é tão simples, o agente, além de pressiona-lo, esclarece também que sua vida é acompanhada intimamente pelos próprios patrões, com escutas em sua casa e o telefone grampeado.

images1

Sua vida não é mais segura, o emprego não é mais seguro e até o FBI parece mais preocupado com as investigações do que com ele. Mitch se encontra cada vez mais encurralado e para isso vai precisar da ajuda de quem ele possa confiar. Com um enredo ágil e momentos de ação bem entrosados com situações cheias de tensão, Grisham escreve com primazia. Por muito tempo foi um dos livros que mais gostei de ter lido e minha porta de entrada para gostar desse tipo de literatura.

A Firma foi adaptada para o cinema e o protagonista foi interpretado pelo Tom Cruise (geral já sabe que amo os filmes do camarada ai), junto com muitos outros atores consagrados da época, com pontos positivos, grandes momentos bastante parecido com o livro e mesmo sofrendo algumas modificações, podemos acompanhar muito bem o clima exposto no em cada página. A história se manteve, vários momentos também, algumas licenças poéticas para favorecer o cinema, mas foi mantido quase que 100% fiel ao original.  Li antes de assistir, para constar. Vale muito a pena ambos, mas aquela velha história, o livro é melhor. FATO. 

 

Postado em: Resenhas
Tags: , ,

4 Comentários em “Resenha – A Firma”


Avatar
wilson em 17.09.2014 às 10:30 Responder

o resumo e legal mais preciso de mais informações pois vou fazer um trabalho de Etica profissional e preciso de mais informações pois não deu tempo de assistir o filme um abraço …

Avatar
Lauana Pereira em 02.10.2016 às 14:43 Responder

Achei SUPER interessante a resenha e até fiquei com vontade de ler. Estou pesquisando um livro para dar para o meu namorado e futuro advogado e parece que é esse o escolhido. Muito bom pelo trabalho :*

Avatar
Carla em 30.03.2018 às 14:16 Responder

O que acho engraçado é o camarada vir aqui pedir mais informações sobre o filme , pois vai fazer um trabalho sobre ÉTICA , devendo assistir o filme, mas como não vai dar tempo, ele não vai ter ética e vai fingir que assistiu. kkkkkkkkk

Avatar
Patricia em 30.03.2018 às 21:22 Responder

hahahaha….o mundo da internet é essa coisa incrível. hahahah 😀


 

Comentar