Resenha – Como Woody Allen pode mudar sua vida
por Patricia
em 19/10/12

Nota:

“Como Woody Allen pode mudar sua vida” chamou minha atenção por tratar de um cineasta que realmente me encanta. Apesar de acreditar, com clareza, que há filmes e livros que possam influenciar suas decisões ou mudar algumas de suas visões do mundo, eu realmente queria entender como o autor acredita que isso poderia mudar uma vida. Sempre achei esse tipo de comentário um tanto quanto forçado.

O livro é uma análise psicológica de toda a obra de Woody Allen – o que é um tanto simples de se fazer porque Allen sempre criou as personagens mais complexadas do cinema. Olhar para um dos filmes de Allen por um aspecto psicológico é o que ele quer. É assim que suas personagens são desenvolvidas – por isso, achei difícil encontrar um comentário muito original no livro.

Infelizmente, isso tira do livro o poder de observação que poderia fazer o leitor sentir que descobriu algo novo. Não existe aquele momento “a-ha” e eu realmente estava esperando isso para entender como Woody Allen mudou a vida do autor (sei lá, vai que ele mudou a minha e eu nem percebi). Aliás, algumas passagens são partes de entrevistas de Allen, ou seja, não é uma interpretação do que ele disse, é EXATAMENTE o que ele disse. O livro poderia se chamar “Citações do Woody Allen que mudaram minha vida”, ou algo do tipo.

Para quem se interessa por psicologia, se houver a oportunidade, entre ler esse livro e ver os filmes de Allen (que, surpreendentemente, lançou um filme por ano desde 82 – o que fez com que eu me sentisse muito mal de reclamar das 15 páginas que tenho que entregar de um trabalho daqui a 1 mês), fique com a última opção. Você pode tirar suas próprias conclusões e sentir por si só o impacto completo desse gênio.

O lado positivo é que estamos falando de um livro curto – 98 páginas – que pode ser lido em uma tarde tediosa. Com certeza, o livro pode despertar um pouco de interesse em assisir aos filmes que ele cita. Se isso for alcançado já é um bom mérito.

Amostra grátis: “Em seus filmes, o verbo satura a imagem, o discurso irrompe como fogo de artifício. E aí entra em cena um aspecto inédito, uma dificuldade séria que pesa na vida das pessoas: o descompasso entre o que dizem e o que são. Woody Allen filma o fosso que separa as palavras do ser. Com seu estilo, expressa a essência da vida humana: nossa condição de animal desnaturado, exilado numa paisagem de signos, perdido no discurso.”

Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Nenhum comentário em “Resenha – Como Woody Allen pode mudar sua vida”


 

Comentar