Resenha de Quadrinho – Fiquem com os Deus!
por Thiago
em 01/04/15

Nota:

usq

Vamos a mais um quadrinho independente que trouxe da Comic Con Experience do ano passado. Acredito que pelo menos uma vez já viu uma dessas tirinhas na internet.

O livro em questão é o “Fiquem com os Deuses!”, do blog “Um sábado qualquer”, feito pelo Carlos Ruas.

Tenho aqui que admitir, uma das coisas mais legais que me aconteceu na CCXP em SP, foi conhecer o Ruas, pra quem acompanha meus textos ou simplesmente me conhece, sabe o quanto gosto de estudar religiões e mitologias, somando a isso meu grando gosto por “tirinhas” é obvio o quanto curto o blog “Um sábado qualquer”.

Foi muito bacana quando passeando no Artists Alley, no fim do sábado, vi o Ruas ali de boa na mesinha, como tava tudo mais tranquilo, pelo horário, deu pra conversar bastante. Comentei com ele como achava fantástica a forma como ele usava a concepção de Durkheim sobre religião e sobre o sagrado, a resposta dele não podia ser melhor: “-Du quem?”. Disse a ele que sou professor de filosofia e sociologia e que terminei a pouco um mestrado em ciências da religião. Conversamos bastante e ele quis saber quem era Durkheim, pra quem sabe virar até um personagem, não estranharia se acontecesse.

Bom, vamos ao livro. Aqui você encontrará as melhores tirinhas de 2013, segundo o autor.

Não pense que aqui encontrará uma critica ao cristianismo, aqui você encontra humor, mas não qualquer humor, mas algo inteligente, sagaz, que usa como tema a religião, todas elas, mas todas mesmo, até as que não existem.carlos-rua_um-sabado-qualquer01

Ninguém sai ileso aos traços de Ruas, Jeus, o deus critão, Zeus, Odin, Thor, Hércules, Shiva, Ganesha, Buda, padres, pastores, Alá, Maomé, Noé, anjos, deuses de origem afro brasileira, Rá, o pensamento científico, Poseidon, Lúcifer, Adão, Eva, o folclore brasileiro e mais uns que eu não me lembro.

Aquele que gosta e curte este tipo de humor terá aqui ótimos momentos, mas gostaria de que um outro tipo de público pelo menos passasse os olhos por estas tirinhas. Aquele que é religioso  e se ofende, aquele que não tolera muito bem a crença (ou não crença) alheia. Este livro é extremamente didático e com bom humor nos ensino sobre a tolerância religiosa, por mais que você não perceb de primeira este é um livro sobre respeito e boa convivência, sobre auteridade. Entretanto só da pra perceber isso lendo.

Boa leitura a todos! Ah, fiquem todos com os deuses!!!

download (37)

Postado em: Quadrinhos
Tags: ,

Nenhum comentário em “Resenha de Quadrinho – Fiquem com os Deus!”


 

Comentar