Resenha de Quadrinhos – Antes de Watchmen: Coruja
por Gabriel
em 10/08/13

Nota:

Antes de Watchmen CorujaVocê conhece Watchmen, certo? Seja pelo sucesso nos quadrinhos, iniciado no lançamento na década de 80 e perpetrado pelo status de cult logo adquirido, seja pelo lançamento também barulhento nos cinemas em 2009, Watchmen é um nome conhecido na cultura pop.

A minissérie original é um clássico, consagrado por questionar duramente o mundo de super-heróis retratado pelas HQs durante suas primeiras “eras”. Aqueles eram mundos sem sujeira, sem política, sem religiões, sem as coisas que fazem do mundo real tão complexo. Watchmen colocou os super-heróis em um mundo mais parecido com o nosso, em que pessoas têm passados negros e histórias de amor, o crime é cheio de ramificações e envolve diferentes motivações e todo mundo que se veste com roupas coloridas para combate-lo é um pouco maluco.

Após o lançamento do filme, foi grande o clamor por novas estórias nesse universo, principalmente dos que leram a minissérie original e se apaixonaram novamente ao ver o longa-metragem. Eis que esse clamor foi atendido, e foi lançada a série Antes de Watchmen, publicada no Brasil pela Panini.

O primeiro número publicado no Brasil foi Coruja, uma edição que conta a origem e os primeiros momentos da carreira do super-herói de mesmo nome. Tendo nascido em família rica e adotado o nome de um animal noturno, o Coruja é uma óbvia paródia ao Batman, e a capa lembra isso (pela semelhança com algumas capas famosas do homem-morcego). Mas as semelhanças param por aí. A família do Coruja era totalmente desestruturada, ele sempre apresentou um físico muito mais Peter Parker do que Bruce Wayne, e sua habilidade com as mulheres é sinceramente desastrosa.

A HQ atinge muito bem o seu objetivo, ao trazer de volta o cenário e as sensações causadas pela leitura do Watchmen original. Estão lá todos os elementos de super-heróis (os vilões, a luta contra o crime), porém em um ambiente real, um cenário que envolve prostituição, traficantes, religiosos e todos os tipos de pessoas que existem no nosso mundo. Isso torna as coisas muito mais interessantes, é claro. Antes de Watchmen: Coruja é extremamente eficiente na sua missão de refrescar o interesse pelo universo de Watchmen e trazer de volta as características desse clássico. Claro que não supera o original (nem se esperava isso), mas é simplesmente obrigatório aos fãs e muito recomendado a não iniciados ou não tão apaixonados.

Postado em: Quadrinhos
Tags: , , ,

Nenhum comentário em “Resenha de Quadrinhos – Antes de Watchmen: Coruja”


 

Comentar