Resenha de Quadrinhos – Batman Ano um
por Ragner
em 02/09/20

Nota:

Batman – Ano um é uma história icônica sobre o início da carreira do Cavaleiro das trevas. O 1º contato com a criminalidade de Gothan como vigilante, 1º contato com Gordon e como idealizou combater o crime usando a capa e a máscara. Ano um é cânone no universo do morcegão (tanto que é várias vezes reconhecida na trilogia do Nolan), como várias outras HQs que já foram resenhadas aqui – seleção Batman – e outras mais que ainda traremos.

Como fã inveterado do Batman, muitos questionam se já li tudo dele, se conheço todas as histórias e se tenho uma vasta coleção de quadrinhos ou quaisquer objetos. Digo tranquilamente que não! Minha coleção é bem pequena (pra quem é deveras apaixonado pelo universo do Morcegão) e decidi seguir a coleção “A lenda do Batman” lançado pela Eaglemoss – que está no número 32 e deve chegar ao 100 – que tem mandado ver em diversas histórias conhecidas e muito conhecida. Bom, seleção de tudo que já saiu e muita gente já deve ter (eu por exemplo ainda guardo meus gibis de “A queda do morcego” com a aparição do Bane) e eu quero ter esse repertório completo.

Em Ano Um vemos também o começo da Mulher gato, sua relação com o submundo (cafetões e meretrizes) e como ela vai trombando com nosso querido encapuzado. É muito legal acompanhar o contato entre os dois, como pareciam tão inocentes, despreparados, irresponsáveis e dispostos a se tornarem lendas no que se propõem (bom, sabemos bem qual é o destino dos dois ou creio eu que vocês saibam).

A HQ merece ser lida! Digo isso mesmo tendo demorado décadas para tal realização. Ao ler é que percebi as várias referências que aconteceram na trilogia de Nolan com Bale. Sabia do que se tratava, conhecia o enredo e a intenção do quadrinho, mas é com ele em mãos que senti aquele prazer, inenarrável, de ver e acompanhar o começo de tudo. E algo que é muito bom de se falar também, é que não tem aqui toda a cena da morte dos pais que sempre aparecem nos cinemas (nada contra a cena em si, gosto dela, assim como AMEI quando rolou em Coringa, mas todo mundo já conhece muito bem).

A Lenda do Batman ganhou minha atenção e sigo firme comprando (mesmo com o preço já elevado). O acervo que a Eaglemoss tem se formado em minha prateleira e mais HQs irei trazer para vocês. Fiquem atentos!!

Postado em: Resenhas
Tags: , , ,

Nenhum comentário em “Resenha de Quadrinhos – Batman Ano um”


 

Comentar