Resenha de Quadrinhos – O Inescrito
por Gabriel
em 17/08/13

Nota:

O InescritoO Inescrito é diferente de tudo que você já leu. Tom Taylor é o filho de um escritor famoso, cujo personagem principal se chama… Tommy Taylor. Este escritor desapareceu há algum tempo, deixando sem final a estória do menino-mago. Sim, menino-mago.

Tommy Taylor, o personagem da série de livros, é basicamente Harry Potter. Um mago, que frequenta uma escola de magia, é acompanhado por um menino e uma menina e combate um grande inimigo. Também como Harry Potter, milhões de fãs pelo mundo todo se acotovelam em convenções e esperam pelo próximo lançamento do escritor.

Com o escritor desaparecido, no entanto, seu filho passa a ser o mais assediado pelos fãs, que o consideram a real encarnação do personagem. E ele tenta se beneficiar desse status, sem imaginar as consequências.

O Inescrito é uma série que já tem 3 números publicados no Brasil. Li os dois primeiros com expectativa alta (tinha ouvido bons comentários a respeito) e não me decepcionei: é uma das coisas mais inovadoras e interessantes que já li nos últimos tempos. E como uma estória sobre um filho de escritor famoso pode ser interessante? Isso começa a ser respondido quando a ficção de Tommy Taylor e a vida real de Tom Taylor começam a se confundir. Personagens saídos de seus livros aparecem aqui e ali, padrões e episódios que existem nos livros surgem na vida real, e Tom Taylor se vê em meio a diversas revelações sobre a vida de seu pai.

Esta é uma estória que se desenvolve rápido: no segundo volume os mundos já estão bem mais bagunçadas, a realidade e a ficção já se confundem quase que completamente e o desaparecimento do pai de Tom Taylor se torna cada vez mais misterioso, sem que realmente fique claro o que houve com o autor.

A série combina diversas referências a estilos literários e clichês da literatura com uma boa dose de fantasia e pequenas pitadas de dramas adultos (sem abusar de violência ou referências sexuais, no entanto, como alguns títulos da Vertigo). Mesmo sem um final, O Inescrito é extremamente recomendável. Afinal, como a própria HQ demonstra, a expectativa pelo final também é parte da experiência.

Postado em: Quadrinhos
Tags: , ,

Nenhum comentário em “Resenha de Quadrinhos – O Inescrito”


 

Comentar