Resenha de Quadrinhos – O Ladrão da Eternidade
por Gabriel
em 15/06/13

Nota:

O Ladrão da EternidadeEscolhi O Ladrão da Eternidade como próxima leitura sem muita expectativa. No entanto, rapidamente me interessei ao perceber que Clive Barker era o responsável pelo roteiro de Hellraiser, um clássico do cinema de terror.

Nesta HQ, Barker (que tem sua origem artística nos quadrinhos) nos apresenta um mundo diferente, um mundo mágico e povoado por criaturas bizarras como o senhor que ilustra a capa. Estas criaturas invadem a vida de Harvey Swick, um garoto que vivia uma tediosa e rotineira vida em um subúrbio comum e de repente é levado a conhecer a casa de férias do Sr. Hood.

Utilizando um traço totalmente diferente do padrão dos quadrinhos americanos, O Ladrão da Eternidade é uma HQ bonita, bem apresentada, com colorização muito bem feita e quadros que são ótimos trabalhos de arte. O roteiro diverte, interessa e possibilita uma leitura rápida de suas 144 páginas.

Barker é conhecido pela sua habilidade para o terror, mas não foi esse o tom que senti nesta HQ. Apesar de ter este componente, agravado pela bizarrice das criaturas e pelo terror que Harvey passa dentro da casa, na verdade o clima em O Ladrão da Eternidade é muito mais de um filme de Tim Burton (aquele terror leve com estética apurada e detalhes de ambientação e desenho dos personagens que fazem toda a diferença). Aliás, foi essa a principal impressão que ficou deste gibi leve e de fácil leitura: roteiro e estética que poderiam muito bem ser aproveitados por Burton em um novo filme. Quem sabe? Sonhar não custa nada.

Postado em: Quadrinhos
Tags: ,

Nenhum comentário em “Resenha de Quadrinhos – O Ladrão da Eternidade”


 

Comentar