Resenha De Quadrinhos – The Deal / God’s End (Reupload)
por Ragner
em 23/12/14

Nota:

PAGINA-01

Gods End portada

 

Pensei um bocado, refleti mesmo e decidi escrever sobre DUAS hqs que foram criadas de forma independente e que existem somente no mundo online. Uma grande pena tais quadrinhos não chegarem às bancas, mas por outro lado significa uma forma de exibir a formidável contribuição do mundo virtual para o avanço da arte.

Por que estou escrevendo sobre os DOIS? Exatamente por serem sobre os maiores heróis dos quadrinhos (não que eu defenda o Azulão como maior, mas está ali entre os mais conhecidos e representativos, eu gosto dele e é o super herói mais poderoso do universo. Simples). Batman & Superman encabeçam a DC e logo mais um filme da dupla chega às telonas. Mas é claro que essa resenha também existe pelo fato das histórias aqui serem icônicas e por terem sido criadas fora do ambiente da editora, por dois artistas que eu chamaria de gênios: Gerardo Preciado e Daniel Bayliss.

A arte necessita dessa proatividade escancarada que viabiliza outras mídias para o crescimento sensacional não só dos quadrinhos, como para toda e qualquer tipo de arte. E não posso esquecer de que tais histórias, independentes, apresentam situações que não acompanharemos oficialmente, que não serão abordadas normalmente e que se faz um trabalho de licença poética que enchem os olhos e deixa qualquer fã feliz (ou não) da vida. Li algumas resenhas e comentários sobre ambos os quadrinhos e enquanto alguns amaram, outros não gostaram tanto e fizeram grandes críticas sobre.

Em The Deal temos um embate final, fatídico, desafiador e elucidador entre o Morcegão e o Palhaço do Crime. Batman está acorrentado diante uma caixa com os restos mortais de Alfred e logo atrás de si o corpo baleado do Comissário Gordon – vide capa -. Enquanto permanece estático, assombrado vendo partes do corpo do homem que cuidou de sua vida desde a morte dos país e pedindo desculpas a Deus pelo que aconteceu, temos um Curinga gargalhando e saltitante segurando um braço do Robin. Os dois estão em um dirigível. Discutem sobre como suas vidas estão entrelaçadas e como o amor é responsável por não separa-los.

 

PAGINA 14

 

Em God’s End o maior super herói do mundo está com 538 anos terrestres (desde que ele chegou aqui) e está refletindo sobre tudo que viveu pelo universo e o que conviveu com a humanidade. Ressalta o que aprendeu em outros mundos e conclui que tudo precisa de equilíbrio, algo não existente na raça humana. Depois de se questionar muito, pensar durante séculos, chega a resolução de que a Terra é um dos lugares mais doentios que existe e que precisa dar um fim a isso.

 

Gods-End-pag-04

“Não existe amor ou ódio, apenas equilíbrio, porque para saber como amar alguma coisa, é preciso saber como é não amar alguma coisa. Não amar é algo que a raça humana sabe muito pouco”

Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Nenhum comentário em “Resenha De Quadrinhos – The Deal / God’s End (Reupload)”


 

Comentar