Resenha – Freakonomics – O Lado Oculto E Inesperado De Tudo Que Nos Afeta
por Ragner
em 13/08/14

Nota:


freakonomics-e-super-freakonomics

 

Eis um livro que pensei um bocado sobre resenhar ou não. Não se trata de literatura comum que postamos por aqui, porem gostei tanto do assunto e me fez refletir bastante sobre a importância de se ler algo do tipo, que estamos aqui. Vamos embarcar em uma vertente que pode não fazer sentido para muita gente, mas acredito que pode abrir horizontes interessantes e expandir o entendimento sobre mundo para leitores curiosos e que querem mais do que o normal.

Comprei a edição em volume único que junta os dois livros sobre o assunto, mas hoje escreverei apenas sobre o Freakonomics e prometo depois escrever sobre o SuperFreakonomics. Comecei a ler mega disposto a entender muita coisa que poderia fazer sentido sobre o que acontece com a gente mundo a fora, pensei que talvez fosse sobre acasos ou coincidências, mas o que acabei lendo foi que tudo pode estar ligado dependendo de como você percebe o que está acontecendo e isso foi ainda mais legal do que pensava. Muitas dos fatos que presenciamos dia à dia, pode ser óbvio demais por um lado ou mesmo evidente que não tem nada a ver em relação a outras coisas, mas muito do que faz parte do nosso cotidiano, pode sim corroborar para coisas dispares ou mesmo nos afetar sem nosso entendimento.

Um exemplo claro abordado no livro foi em relação a como a diminuição da criminalidade em uma região não foi influenciada pelo crescimento econômico, leis de controle de armas, políticas públicas melhores ou empregos que pagavam mais – tudo isso parece lógico -, mas o que realmente contribuiu para tal queda, foi a legalização do aborto que fez o “número de criminosos potenciais ter minguado drasticamente“, e isso é apenas iniciado já na introdução. Esse e outros casos são bem abordados durante os capítulos a seguir e vamos lendo tudo com bastante esclarecimento e junção entre situações que parecem ser completamente dissociadas.

 

superfreak_af

 

Algo que associo demais ao livro são aquelas conversas que começam com um assunto específico e no decorrer das falas vão divagando para questões completamente aleatórias e que, quando você percebe, não possuem nenhuma relação aparente com o que é falado desde o início. Vai ficando aquela impressão de que tudo está associado, tudo pode estar conectado e só é preciso alguns entendimentos a mais sobre o mundo para que possamos perceber que o que acontecer no dia a dia pode estar mais interligado do que imaginamos.

O que é essencialmente importante? Como interagimos com questões fora do nosso contexto social? Será que é importante conhecer ou ter o mínimo de conhecimentos sobre tudo que nos afeta diretamente ou indiretamente? Será que sabemos mesmo o que nos afeta ou não? O livro vai abordando como a causalidade de situações diversas podem contribuir para a consequência de fatos que a priori não tem nada em comum.

O texto é conduzido como se fosse uma conversa informal entre conhecidos. Segue leve e interessante, onde os autores vão acrescentando as informações que eles julgam necessárias para concluirmos o que querem ressaltar ou informar de acordo com o título de cada capítulo. O livro é mesmo muito legal e, mesmo discursando sobre alguns casos específicos, podemos entender que tudo no mundo pode possuir causas e efeitos que vão além do que sempre imaginamos.

Postado em: Resenhas
Tags: , , ,

Nenhum comentário em “Resenha – Freakonomics – O Lado Oculto E Inesperado De Tudo Que Nos Afeta”


 

Comentar