Resenha – Hagakure
por Ragner
em 13/03/15

Nota:

120680274_5GG

Hagakure – Oculto nas folhas -, O caminho do Samurai. Há anos, estava afim de ler esse livro. Por muito e muito tempo ansiava não somente ler como também aprender um bocado de coisas sobre os guerreiros japoneses que tanto me fascina. Gostei do livro, li em uma sentada de minutos (na verdade li, permaneci sentado e comecei a ler outro logo em seguida em uma viagem de trem para Vitória) e tentei ao máximo absorver as poucas páginas e linhas que fazem desse livro algo tão especial.

“Seguir o Bushido é dar ênfase à lealdade, fidelidade, auto sacrifício, justiça, modos refinados, humildade, espírito marcial, honra e, acima de tudo, viver e morrer com dignidade”.

O livro não é nenhum manual, não ensina ninguém a ser um guerreiro, não desvenda segredos ou a vida em si dos samurais, mas possui a condição de caracterizar muito bem questões basilares da vida dos homens que dedicavam a vida a defender seu senhor e lugar. O livro é bem simples, direto, claro e, posso dizer ainda, mega sucinto. As ideias de Yamamoto Tsunetomo, sobre como ele enxergava a vida de um samurai, estão detalhadas nesse livreto, que pode ser visualizado hoje em dia, como um guia de como era o pensamento para atitudes e comportamento dos antigos guerreiros.

A cada capítulo, muito bem específico e diretamente simples, vamos lendo ensinamentos e acontecimentos que constituem fundamentalmente o que todo samurai precisaria fazer ou saber para ser um grande guerreiro. E por trás de toda filosofia existente, um principio essencial é a servidão em nome do senhor. Tanto a vida quanto a morte do samurai, deve ser em honra e em nome do senhor para quem serve.

Vamos lendo sobre a rotina deles, suas raízes, táticas militares, votos, decisões, como se portar diante das críticas de outros, previsões de como devem ser as ações e reações de cada samurai e como a vida do guerreiro deve ser. Esses tópicos conduzem cada capítulo aqui escrito como basilares para a formação do Samurai. Vale muito como introdução a um conhecimento sobre a vida deles, não muito mais do que isso.

Questões morais são bem apresentadas e até mesmo situações em que Tsunetomo agiu de acordo com sua conduta de samurai. Mas o livro se diferencia de outros livros de estratégia orientais. Aqui não lemos ensinamentos como em A Arte Da Guerra ou O Livro Dos Cinco Anéis, mas podemos aprender de maneira bastante singela o que deveria ser o mais importante na vida do samurai.

Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Nenhum comentário em “Resenha – Hagakure”


 

Comentar