Resenha – Harry Potter
por Ragner
em 21/03/14

Nota:

6469150_orig

 Decidi escrever sobre o mago adolescente por ser uma série que me emocionou bastante e que me fez olhar para literatura juvenil com, mais do que, bons olhos. A escritora constrói um universo que merece parabéns e que, na minha humilde opinião, pode muito bem fazer parte dentre a excelente literatura em que posicionamos O Senhor Dos Anéis e Crônicas De Gelo E Fogo (claro que alguns são mais adultos que outros e cada qual representa sua categoria). Harry Potter desde o 1º livro não tem nada a ver com uma singela história para crianças/adolescentes, e com os demais livros podemos seguir a evolução de cada personagem e uma efetiva estruturação literária que se faz necessária página a página, ano a ano.

Como o desafio do tigre desse mês é sobre filme ou livro, tenho algo a dizer sobre Harry Potter. Quando os livros foram lançados no Brasil, ganhei os 3 primeiros de uma vez e quando ele foi lançado na telona, comprei meu ingresso dias antes, fui o 1º a chegar e ficar esperando na fila por mais de 1 hora. Sim, estava mais do que ansioso para assistir e observar as mudanças de roteiro ou o quanto a adaptação poderia modificar as falas e situações da história, mas grata surpresa foi que pouco nesse quesito aconteceu e gostei deveras do que assisti (fiquei tentando reparar detalhe por detalhe e desde a cena inicial, desde Hagrid na rua dos Alfeneiros com sua moto gigante até os desafios que cada um teria que vencer para chegar a pedra filosofal – só não foi filmada o desafio que a Hermione venceu – e Harry ser atravessado pela fumacinha que ainda era Voldermort, só sabia sorrir e gostar muito do que passava).

 

2A84E4000

Acredito que muita gente (muita MESMO) já conhece a história do mago que venceu aquele-que-não-pode-ser-nomeado, então tal resenha é mais sobre a dinâmica entre livro e filme do que a história em si. Sabemos como foi ele ter, pelo poder do amor de sua mãe, sobrevivido, como destruiu uma serpente gigantesca, como descobriu que tinha um padrinho desacreditado por todos, mas que o amava incondicionalmente, como viu a morte à sua frente e escapou pela 2ª vez com a ajuda dos mortos, como ajudou a combater o mal junto à Ordem da Fênix, como um príncipe mestiço na verdade era o professor que mais odiava e como com a ajuda dos melhores amigos consegue juntar todas as peças capazes de derrotar e destruir o mal que o perseguia há 7 anos. Tanto nos livros quanto nas telonas, a história foi contada de forma maravilhosa, o trabalho de adaptação me surpreendeu em alguns momentos e ia ao cinema bastante empolgado.

Mas é claro que minha preferência nessa ocasião não seria diferente da maioria de leitores pelo mundo afora e sendo bastante óbvio, defendo que o livro vence em qualquer quesito contra o filme. O trabalho de adaptação foi muito bem realizado, mas o universo, o enredo e todas a excelente escrita da autora, posiciona a série em um lugar de destaque dentro do mundo literário e isso tem que ser ressaltado.

 

1473061_188536781340275_77892120_n-320x1181

Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Nenhum comentário em “Resenha – Harry Potter”


 

Comentar