Resenha – I Chef – Histórias e receitas de um chef conectado
por Thiago
em 16/07/14

Nota:

 

554

 

Já faz um tempo que me encanto com o mundo da culinária, principalmente sobre o que ele pode dizer sobre um povo. Sendo assim, comecei a procurar livros de receitas, ver programas de tv, mas só esse ano resolvi me arriscar e tentar aprender, por estes meios, a cozinhar.

Um dos programas que conheci e mais me agradou foi o Homens Gourmet, que passa nos canais Bem Simples e Fox Life. O legal do programa é o ar despojado que os apresentadores transmitem, além claro de mostrar algumas receitas que realmente podemos fazer em casa, diferente de outros programas que nos deixam com cara de idiota quando tentamos reproduzir seus pratos na nossa casa.

O programa é apresentado por João Alcantra, Guga Rocha, Dalton Rangel e pelo autor do livro aqui resenhado, Carlos Bertolazzi. Existiram outras formações com formatos diferentes do programa em temporadas anteriores, mas a resenha é sobre o livro IChef, então vou voltar pra ele.

Essa é a primeira vez que resenho um livro de culinária, a maioria deles geralmente tem apenas receitas e técnicas, sejam as preferidas de um chef renomado ou típicas de uma região do mundo. Aqui temos algo bem diferente e por isso a escolhi pra escrever sobre.

Caso espere um livro apenas de receitas, onde o Bertolazzi listará as ele mais gosta ou as que o fizeram um Chef bem sucedido  não leia este livro, busque outros no mercado, não que aqui você não encontrará receitas, elas estão sim presentes, porém o que as torna interessantes não é simplesmente o fato de serem bem explicadas e apetitosas e sim por todas terem uma história pra contar.

As receitas do livro “I Chef – Histórias de um chef conectado”, nos trazem a vida de Carlos Bertolazzi. Portanto, temos uma autobriografia que tem como espinha dorsal as receitas.

Conhecer mais sobre a vida do Carlos foi muito surpeendente, com diversos pequenos textos dispostos de maneira dinâmica, intercalados com as receitas tornou a leitura bem leve e agradável.

O bacana é que o livro não se trata de vários casos de sucesso, mostrando quão “foda” alguém pode ser. Bertolazzi nos mostra seus erros, suas dificuldades e principalmente seu caminho, sua construção enquanto Chef, mesmo quando isso estava longe de fazer parte dos seus planos. Porém, gostaria de saber mais sobre suas histórias, principalmente enquanto empreendedor, me deixou com vontade de uma nova edição contando mais sobre seus restaurantes e empreendimentos.

Bertolazzi reforça algo que sempre pensei, devemos trabalhar com aquilo que gostamos, aliar nossa vida profissional com algo que nos de prazer, com algo que  você faça com amor.

Durante a leitura, pelo tom informal e sem meias palavras do texto, tive a impresão de uma boa e agradável conversa de bar onde ouvia causos e mais causos de alguém com uma vida extremamente interessante e que no fim, me mostrava, ou melhor, me comprovava que devemos saber o que queremos fazer e o que amamos fazer da vida, e realmente fazermos tal coisa, mesmo que nos exija mudanças. Enfim, mudar pode ser bom pra caramba!

Boa leitura a todos!!

 

obs: Por acaso você conseguiu, assim como o autor, viver daquilo que ama fazer? Conta pra gente aqui nos comentários!!

 

images (27)

Segue o vídeo com uma das participações do Bertolazzi no “Rolê Gourmet”, programa culinário do Tavião e Pc Siqueira, fazendo um Buraco quente.

Postado em: Resenhas
Tags: , , ,

Nenhum comentário em “Resenha – I Chef – Histórias e receitas de um chef conectado”


 

Comentar