Resenha – Manual do Minotauro
por Juliana Costa Cunha
em 24/11/21

Nota:

Minotauro é uma figura mitológica que fazia parte do imaginário do povo grego. De acordo com este mito, o mesmo tinha corpo de homem com cabeça e cauda de um touro. E, em função da sua figura exótica, foi condenado a viver em um labirinto em Creta. Essa figura é bem interessante se pensarmos na própria vivência de Laerte, como ser humano e cartunista.

“Manual do Minotauro”, título desta coletânea, nos remete ao ser em seu labirinto e na busca infinita por achar a saída ao mesmo tempo que foi colocado lá para conter seu provável lado selvagem. Ao mesmo tempo que o manual nos sugere uma regra, algo que nos diz o que e como fazer. Que nos insere numa regra.

Laerte é natural de São Paulo e foi fundadora da Revista Balão, pela qual foi premiada no 1º Salão de Humor de Piracicaba entre os anos 80 e 90 foi uma das cartunistas fundamentais das revistas “Chiclete com Banana” e “Geraldão”. Ao mesmo tempo que tocava suas próprias publicações como “Piratas do caribe” e “Striprtiras”. Desde 1991 possui um espaço diário no jornal Folha de São Paulo, onde publica suas tirinhas.

Em Manual do Minotauro, nos deparamos com 1500 tirinhas produzidas pela cartunista no período de 2004 a 2015. Nessa compilação o mais bacana é que conseguimos acompanhar a evolução do trabalho de Laerte enquanto cartunista, bem como de seu traço e também dos temas abordados por ela. O Manual do Minotauro também representa esse momento de guinada da tira de humor clássica para inserir temas filosóficos, metafísicos e até mesmo poéticos.

***

Livro enviado pela editora

Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Nenhum comentário em “Resenha – Manual do Minotauro”


 

Comentar