Resenha – O Oceano No Fim Do Caminho
por Ragner
em 10/01/14

Nota:

O_OCEANO_NO_FIM_DO_CAMINHO_1369426298P

 

Meu 1º Neil Gaiman. Podemos dizer que já é um autor que possui um acervo interessante aqui no Poderoso. Quase figura carimbada. Mas não comecei por alguma Graphic Novel, fiquei com um romance novo, um romance meio acabado de sair do forno e que já li e ouvi muita coisa boa sobre. Não tinha dúvidas de que teria uma experiência interessante e que a leitura seria um pouco diferenciada em relação ao que costumo muito a ler.

Conto de fadas, mundos míticos, fábulas fantásticas e histórias incríveis parecem fazer parte de tudo que Gaiman cria e com O Oceano não foi diferente. O que mais gostei foi a maneira dele escrever e incluir tudo de fantástico como se fosse algo tranquilamente real, como se tudo que acontece na história fosse verdadeiramente existencial. Entre seres mágicos e humanos, o enredo vai se desenrolando em uma trama que ganha a cumplicidade do leitor, pois vamos nos envolvendo com o que está escrito e tudo vai ficando muito interessante.

Tudo fica mais fácil quando se envolve crianças. Uma fábula recheada de significados e contingências se torna mesmo verossímil quando o ambiente infantil é explorado. E Gaiman faz isso com maestria. Mas ele vai além, pois nem tudo é bonito ou inocente, as crianças enfrentam seus medos e correm riscos intensos. Perigos são enfrentados por um menino de apenas 7 anos, mas ele não está sozinho, amigos com alguns anos de existência o ajuda a enfrentar a assustadora escuridão, com magia e sabedoria.

 

tumblr_mpu4oiNO5O1rfpi7po1_1280

“.Adultos seguem caminhos. Crianças exploram…”

Um homem volta ao lugar em que viveu há 40 anos, percorre caminhos já esquecidos, até se deparar com o lago que conheceu como se fosse um oceano e suas lembranças voltam a tona, para perturba-lo ou ensina-lo algo. Quando era criança conheceu Lettie Hempstock, sua mãe e avó e depois de um passeio, aprende que existem mais seres no mundo do que aqueles que está acostumado a ver todos os dias. Uma criatura malígna, que começa a distribuir dinheiro e satisfação sexual à todos que desejam muito isso, começa a fazer parte da existência do garoto, que sozinho poderia ser morto até por seus pais, mas Lettie também faz parte do seu mundo agora e forças de luz e escuridão travam uma batalha pela alma do garoto.

Somos sempre levados a entender a vida na infância como algo cheia de criatividade, ingenuidade e pitadas generosas de fantasia e nesse livro não ficamos apenas com lances bonitinhos e cheios de graça, aqui acompanhamos maldições e criaturas demoníacas como se fizessem parte do cotidiano familiar. Não como uma lenda urbana, mas como seres culturalmente inseridos na vida de cada criança, podemos saborear o livro e seus personagens, de forma excelentemente elaborada e gostosa de se ler.

Neil Gaiman é GENIAL!

 

Postado em: Resenhas
Tags: , ,

4 Comentários em “Resenha – O Oceano No Fim Do Caminho”


Avatar
Robson Gabriel em 10.01.2014 às 10:13 Responder

Olá, adorei a resenha. Eu li o livro em um dia e a genialidade de Gaiman me conquistou e emocionou do começo ao fim. Eu, até hoje, não tive coragem de resenhar o livro, com sua complexidade e qualidade.

Robs – http://www.perdidoempalavras.com/

Ragner
Ragner em 10.01.2014 às 11:37 Responder

Valeu Robson pela visita e comentário. Gaiman é mesmo diferenciado e lerei mais obras dele. Apareça sempre. Abraços.

Avatar
Rodrigo Pereira em 11.01.2014 às 09:17 Responder

Gostei desse livro quando li. Acho que consegue tratar de um tema comum, no caso, o bem contra o mal, de maneira mais original que outras obras. Senti também uma referência religiosa bastante sutil nesse livro, onde bondade e pecado batalham. Eu indico. Ótima resenha.

Ragner
Ragner em 11.01.2014 às 17:02 Responder

Entendi o lance religioso quase que da mesma forma Rodrigo. Segue uma visão de como alguns “pecados capitais” podem ser mesmo danosos. Leitura gostosa e ao mesmo tempo nada infantil, mesmo sendo com crianças.


 

Comentar