Resenha de Quadrinho – Sweet Tooth
por Gabriel
em 11/05/13

Nota:

Sweet ToothSweet Tooth – Saindo da Mata é o primeiro volume de uma série recentemente publicada pela Panini no Brasil. Sendo mais um título da Vertigo, o selo adulto da DC Comics, tinha certeza de esperar um cenário bizarro e bem criado.

A HQ não decepciona neste sentido: Sweet Tooth se passa em um mundo pós-apocalíptico, após uma catástrofe não esclarecida. Neste primeiro volume somos apresentados ao personagem principal, Gus, um menino que possui características de cervo (!). Vivendo na floresta com seu pai, Gus convive apenas com o isolamento e com o medo: ele teme a morte de seu pai, que se aproxima, e teme o que existe além da floresta, ainda que nunca tenha saído de lá.

Gus convive também com sonhos povoados pelo mesmo homem todas as noites, um homem com aparência truculenta. E é este homem que ele conhece no dia em que seu pai morre. Ao salvar o menino de caçadores aparentemente interessados em suas características de animal, o homem aparece e uma viagem se inicia.

A estória é bem contada, com traços interessantes e modernos. A edição brasileira é muito bem tratada, uma constante da Panini que faz com que a leitura seja agradável. A graphic novel é uma compilação dos cinco primeiros números que saíram nos Estados Unidos, e o corte escolhido deixa o leitor muito curioso para os próximos passos (muito).

Para temperar o quadro, este primeiro volume apresenta inclusive a participação ilustre do grande Bambi, personagem criado pela Disney e que guarda semelhança peculiar com o garoto que aqui desempenha o papel principal. Passagem bizarra da HQ, que se encaixa muito bem no clima que domina este volume: um “road movie” bem misturado às divagações de Gus. Recomendada.

 

Postado em: Quadrinhos
Tags: ,

Nenhum comentário em “Resenha de Quadrinho – Sweet Tooth”


 

Comentar