Retrospectiva 2014 – Thiago
por Thiago
em 31/12/14

RetrospectivaLit2014_Selo
Seguindo com a retrospectiva, proposta pelo site Pensamento Tangencial, e já iniciada aqui pela Patrícia e Ragner, vamos ao que consigo responder.
Gostei de responder este questionário pois percebi duas coisas. A primeira que não li tanta coisa marcante este ano e a segunda que as marcantes foram pra sempre. Assim, mesmo com muitas perguntas, teremos poucos livros escolhidos.
A aventura que me tirou o fôlego: Crônicas Saxônicas (e ainda está tirando) – Bernard Cornwell
O terror que me deixou sem dormir: Nenhum esse ano
O suspense mais eletrizante: Nenhum esse ano
O romance que me fez suspirar: Valente (hq) – Vitor Cafaggi
A saga que me conquistou: Crônicas Saxônicas: – Bernard Cornwell
O clássico que me marcou: Não li clássico esse ano.
O livro que me fez refletir: Daytripper (hq) – Fábio Moon e Gabriel Bá
O livro que me fez rir: Valente (hq) – Vitor Cafaggi
O livro que me fez chorar: Daytripper (hq)  – Fábio Moon e Gabriel Bá
O livro de fantasia que me encantou: Não li livros de fantasia esse ano
O livro que me decepcionou: a lista é muito grande, muitos livros me decepcionaram esse ano.
O livro que me surpreendeu: Daytripper (hq)  – Fábio Moon e Gabriel Bá
O thriller psicológico que me arrepiou: Não li nada que fez este efeito.
O livro mais criativo: Daytripper (hq)  – Fábio Moon e Gabriel Bá
O melhor HQ: Daytripper (hq)
O infanto-juvenil que se superou: Não li nada assim esse ano.
O livro que mudou a minha forma de ver o mundo: Daytripper (hq)  – Fábio Moon e Gabriel Bá
A capa mais bonita: Crônicas Saxônicas: – Bernard Cornwell
O livro que li em um dia: Valente (hq) – Vitor Cafaggi
O primeiro livro que li no ano: Queda de gigantes – Ken Follet
O último livro que terminei: Crônicas Saxônicas vol 3: – Bernard Cornwell
O livro que abandonei: nenhum.
O livro que li por indicação: Queda de gigantes – Ken Follet
A frase que não saiu da minha cabeça: “Que deus nos proteja de homens predestinados”. – Queda de gigantes – Ken Follet
O(a) personagem do ano: Utherd – Crônicas Saxônicas: – Bernard Cornwell
O casal perfeito: Walter Von Ulrich e Lady Maud – Queda de gigantes – Ken Follet
O(a) autor(a) revelação: Gabriel Petreca – Galho Seco
O melhor livro nacional: Daytripper (hq)
O melhor livro que li em 2014: Daytripper (hq)
Li em 2014 ……. livros: 50 livros + –
Li em 2014 ……. páginas: não fiz as contas.
Comprei em 2014 ……. livros: muitos livros, dos quais lerei a grande maioria em 2015
A minha meta literária para 2015 é: 70 livros.
Postado em: Sem categoria

Nenhum comentário em “Retrospectiva 2014 – Thiago”


 

Comentar