Semana De Cinema – Ajuste De Contas
por Ragner
em 28/03/14

Nota:

novo-poster-de-ajuste-de-contas-com-sylvester-stallone-e-robert-de-niro

Quem me conhece bem sabe que amo artes marciais e que desde pequeno sou aficionado por filmes de luta e afins. Claro que não reassisto mais com tanta paixão os filmes de ninja que assistia quando tinha 8, 9, 10 anos, ainda mais que os filmes do gênero hoje em dia são bem diferentes e estão anos luz evoluídos, mas a vertente cinematográfico de filmes assim ainda existe e de vez em quando surge algo que merece ser visto. Porém atores que lotaram salas de cinema nas décadas de 80 e início de 90 com filmes de ação e aventura, estão chegando a cada ano com mais e mais filmes que remetem muito aos que faziam anos atrás e isso tem me interessado muito MESMO.

A série Rocky está entre meus filmes favoritos (tenho o box com os 6), mas não assisti, até hoje, Touro Indomável. Stallone volta aos ringues, mas desta vez como Henry “Razor” Sharp e De Niro como Billy “The Kid” McDonnen. Eu pensava que De Niro fosse bem mais velho do que Stallone e que seria algo mega forçado, ainda mais com a forma física que o eterno garanhão italiano tem, mas a diferença de idade é de apenas 3 anos (70 e 67 respectivamente). Como o filme é uma comédia, como é algo caricatamente referencial às personagens dos dois (Jake LaMotta e Rocky Balboa), assisti sem aquele olhar de crítico procurando falhas ou qualquer indício de que o filme possa falhar. Assisti muito como um entretenimento que envolve um esporte que amo e atores que sou mega fã.

Ajuste-de-Contas-4

Dois boxeadores aposentados, e já esquecidos da grande mídia, recebem, por parte do filho do empresário que sacaneou com ambos, uma proposta de aparecer em um vídeo game. Razor deixa claro seu ódio por Kid e não quer saber de encontrar o antigo adversário, mas por estar passando por dificuldades financeiras, acaba aceitando com uma exigência. Exigência essa que não é respeitada de fato e que acaba promovendo uma interação entre ambos, servindo de trampolim para uma possível luta de desempate (cada um venceu no passado, mas uma 3ª luta não aconteceu, Razor desistiu). As situações mais hilárias e até desconfortáveis acontecem durante os esquemas de marketing para a luta, mas que acabam elevando-a a um patamar de super acontecimento e que promove diversas outras coisas que ligam os dois.

No passado, Kid teve um relacionamento de uma noite com a namorada de Razor, Sally Rose (Kim Basinger) e desde então o confronto de ambos saiu dos ringues e seguiu para a vida fora das cordas. Sally teve um filho de Kid e o nova rixa entre os lutadores traz a tona velhos rancores. BJ (Jon Bernthal) vai atrás do pai para conhece-lo a acaba sendo responsável pelo seu treinamento, enquanto Sally tenta reconquistar Razor e fazê-lo desistir da luta. Mas velhos leões sempre tem uma última batalha e, por mais que os dois não gostem, suas vidas estão entrelaçadas de alguma maneira.

Piadas com brancos, negros, gordos e velhos aqui é que não faltam, caricatura de ambos e dos personagens antigos também não, mas são realizadas com uma licença poética que torna o filme muito bem humorado e extremamente agradável. As cenas de ovo e do frigorífico, clássicas em Rocky, são desmistificadas e zoadas aqui. Até Chael Sonnen (lutador de MMA pelo UFC) faz uma ponta, sendo aquele Chael enquanto fazia marketing para lutar contra Anderson Silva. Arrogante, petulante e encrenqueiro, o que ficou muito bom e cutucando o MMA, deixando claro que o Boxe é a mais nobre arte.

Sim, gosto MUITO do MMA, ele é o Rock’N’Roll (o Muay Thai é o Grunge), mas o Boxe é o Blues.

P.S.: Há duas cenas pós créditos, uma em especial já vale o filme, pois aparece Mike Tyson e Evander Holyfield.

Postado em: Semana de Cinema
Tags:

Nenhum comentário em “Semana De Cinema – Ajuste De Contas”


 

Comentar