Semana de Cinema – De Olhos Bem Fechados
por Gabriel
em 31/10/14

Nota:

De Olhos Bem Fechados

Stanley Kubrick é um dos diretores preferidos da casa, se não o preferido. Seu trabalho em Laranja Mecânica e 2001: Uma Odisséia no Espaço é magistral mesmo para quem não entende muito do assunto. De Olhos Bem Fechados é seu último trabalho e não foi bem recebido pela crítica e pelo público, o que só pode ser explicado pela alta expectativa em relação aos trabalhos do diretor.

O filme traz Nicole Kidman e Tom Cruise em ótimas atuações, representando um casal em crise. O personagem de Cruise, Bill, é um médico bem sucedido e tem contatos na alta sociedade, o que os leva a uma festa. Um encontro durante essa festa deixa a a personagem de Kidman, Alice, em dúvida quanto à sua felicidade no casamento. E um atendimento secreto realizado pelo doutor durante a festa torna as coisas ainda mais misteriosas.

O roteiro se desenrola daí em diante com as discussões do casal, que se tornam uma guerra psicológica cruel. E com as andanças noturnas de Bill, que o levam a se envolver em uma trama maior do que ele imagina. Ao final, o roteiro junta as pontas de forma um pouco óbvia, mas isso não tira o brilho e o mistério da história.

Apesar de não ser uma obra prima de Kubrick, este longa traz algumas de suas melhores características: a trilha sonora, por exemplo, é pontuada pelos toque dramáticos de piano que primeiro aparecem no momento mais crítico do filme. Isto carrega o de drama e suspense até o final e até a revelação. Os cenários e o figurino também são muito interessantes e bem desenvolvidos, com óbvio destaque para os momentos críticos passados na noite secreta de Bill.

Algumas das cenas dão um tom inusitado ao filme e lembram bem o estilo do diretor, como a violência gratuita praticada contra Bill em uma de suas caminhadas noturnas por Nova Iorque ou o encontro do dono da loja de fantasias com sua filha. Por essas e outras, este é um filme que vale a pena ser visto. Duas horas e meia da última obra de Stanley Kubrick. Só não assista com as crianças na sala (sério).

 

Postado em: Semana de Cinema
Tags:

3 Comentários em “Semana de Cinema – De Olhos Bem Fechados”


Avatar
Paty em 31.10.2014 às 06:13 Responder

Sabe que lendo o livro (Breve romance de sonho) eu não conseguia imaginar como seria uma adaptação para o cinema. Kubrick tem esse poder incrível de pegar essas estórias que parecem inadaptáveis e transformá-las em filmes memoráveis. Boa indicação. 😀

Avatar
Gabriel em 31.10.2014 às 11:02 Responder

Hehehe, e o livro é bom? Eu achei o roteiro um pouco previsível, de forma geral. Pra mim pessoalmente o que salva é mesmo a ambientação, a trilha, as atuações; ou seja, os aspectos do filme mesmo. O livro vale a pena?

Avatar
Paty em 31.10.2014 às 11:54 Responder

Não é o clássico da minha vida, mas é curtinho, leitura rápida e instigante.


 

Comentar