Semana de cinema – Spotlight: Segredos revelados
por Bruno Lisboa
em 26/01/16

Nota:

Spotlight

Nos Estados Unidos, mais especificadamente a cidade de Boston, centenas de crianças foram vítimas de pedofilia no século passado. De maneira surpreendentes grande parte destas atrocidades eram acometidas por padres católicos que escolhiam a dedo suas vítimas e passavam ilesos, pois a poderosa Igreja local manipulava os envolvidos e acobertava todos os casos.

Toda a rede de mentiras fora sustentada por décadas até o momento em que a equipe de jornalismo do The Boston Globe especializada em crimes, a Spotlight, teve acesso a informações privilegiadas e deu inicio a investigação por conta própria. Este é o mote de central de Spotlight – Segredos revelados.

Dirigido e escrito com a maestria de Tom McCarthy (com o apoio de John Singer no roteiro) a narrativa, baseada em fatos reais, segue em minúcias todo o desenrolar da construção da matéria. Tudo se inicia a partir do momento um novo editor chega a redação e delega a equipe de quatro jornalistas a árdua missão de investigar a fundo o tema que esporadicamente surgia como pauta na publicação, mas era deixado de lado por motivos diversos.

Como todo e bom thriller, a medida em que ações se desenvolvem ante a longa e ardilosa investigação o estado de tensão cresce, pois o cerco a equipe de jornalistas aumenta devido a pressões diversas, principalmente por parte da Igreja que tenta de todas as maneiras possíveis impedir que todo o esquema seja revelado e a verdade venha à tona.

Para representar esta história (que rendeu um Pulitzer em 2003 para a equipe) um elenco estelar formado por Michael Keaton (como líder da Spotlight Walter “Robby” Robinson) , Rachel McAdams (como a sagaz jornalista Sacha Pfeiffer), Mark Ruffalo (interpretando o imparável jornalista Mike Rezendes), John Slaterry (como o editor Ben Bradley Jr.), Brian d’Arcy James (como o jornalista Matt Carrol)  Liev Schreiber (como o editor chefe do jornal Martin Baron) rendem em conjunto performances sólidas, calculadas, que carregam em si toda veracidade que a situação exige. Ainda abrilhantam esta categoria a presença de atores como Stanley Tucci e Billy Crudup que fazem pontas substanciais no filme.

Em tempos onde visualizamos mídia brasileira, em parte os grandes veículos, degringolando ante a matérias carregadas de parcialidade (quem não se lembra do “podemos tirar se achar melhor”?) e inverdades totalmente questionáveis que visualizamos em publicações diversas, filmes como Spotlight – Segredos revelados (tal como Todos os homens do presidente A montanha dos sete abutres) devem servir de exemplo para novos (e porque não velhos) profissionais desta seara. Afinal, o compromisso único ligado à profissão do jornalista nada mais é do que compromisso com a verdade. Doa a quem doer.

Postado em: Semana de Cinema
Tags:

Nenhum comentário em “Semana de cinema – Spotlight: Segredos revelados”


 

Comentar