Arquivo da tag 'Alfaguara'



Resenha – Redemoinho em dia quente
por Juliana Costa Cunha
em 05/08/20

Nota: 30 contos narrados por mulheres. Mulheres sertanejas, nascidas no Juazeiro do Norte, na região do Cariri -CE, terra de Padre Cícero. E, também, terra da escritora Jarid Arraes. Fácil seria imaginar que, partindo deste lugar de pertença, as personagens deste livro nos remetessem àquela figura já bastante característica da mulher sertaneja e do sertão
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Um beijo de colombina
por Juliana Costa Cunha
em 06/05/19

Nota: Em Um beijo de colombina, Adriana Lisboa nos apresenta três amores: o amor pelo Rio de Janeiro; o amor pelo objeto livro; e o amor por Manoel Bandeira. Teresa, a personagem do livro, desaparece no mar de Mangaratiba, no RJ e seu corpo não é encontrado. Teria ela morrido? Na geladeira, fixado a um
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – O assassinato do comendador – vol. 1
por Ragner
em 27/12/18

Nota: Como prometido, eis mais um livro de Haruki Murakami. O autor conseguiu me interessar mais ainda e, além de deixar claro que já quero ler a continuação desse (que deverá aparecer por aqui) para o próximo ano, acredito que o autor ganhará mais volumes lidos em minha biblioteca. A escrita é boa, suas histórias
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Crônica do Pássaro de corda
por Ragner
em 17/12/18

Nota: Crônica do Pássaro de corda é meu primeiro contato com Haruki Murakami, mas o autor já é conhecido no Poderoso. Digo que foi um contato interessante, quero ler mais a obra do escritor. Fiquei curioso para saber se os outros livros seguem pelo caminho demasiado detalhista que há nesse e conhecer mais sobre o fenômeno
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – O orangotango marxista
por Bruno Lisboa
em 23/07/18

Nota:   Marcelo Rubens Paiva é sócio do Poderoso. Das 15 obras que ele escreveu três delas já passaram por aqui (Feliz ano velho (resenhado por Patrícia, Ragner e Thiago), Ainda estou aqui e a biografia Meninos em fúria, escrita em parceria com Clemente Nascimento). Seja de forma biográfica ou no universo da ficção Marcelo é referência quando o
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Todos os belos cavalos
por Patricia
em 18/12/17

Nota:   Minha relação com Cormac McCarthy começou um pouco truncada. Minha primeira experiência com o autor foi lendo o famoso A estrada, do qual não gostei tanto por diversos motivos, mas principalmente pela forte distopia com a qual não consegui me conectar. Ao ouvir tantas coisas incríveis sobre o autor, achei que estava na
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Meninos em fúria
por Bruno Lisboa
em 22/03/17

Nota:   O movimento punk, em termos mundiais, é um dos maiores exemplos de união entre a arte e o engajamento político. Suas origens são historicamente relacionadas aos primeiros passos dados em cidades como New York e Londres, onde bandas como os Ramones e os Sex Pistols criaram sonoridades agressivas, velozes e sujas que promoviam em suas
Postado em: Resenhas
Tags: , , ,

Resenha – Ouça a canção do vento / Pinball, 1973
por Bruno Lisboa
em 17/01/17

Nota: Haruki Murakami é um escritor e tradutor japonês que conquistou fama e premiações no decorrer de seus mais 30 anos dedicados a profissão. Romances como Caçando Carneiros, Norwegian Wood e 1Q84 (já resenhado no Poderoso não uma, mas duas vezes) são algumas das obras mais celebradas do autor que tem grande parte de seu catálogo lançado no Brasil
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Cinco Esquinas
por Ragner
em 03/10/16

Nota:   Eis meu segundo livro do premiado Mario Vargas Llosa (que já passou por aqui com Travessuras Da Menina Má) e assumo que li esse livro muito por querer ler mais obras do autor e por acreditar, em algum momento, que poderia ter algum tipo de ligação com o Travessuras. Llosa é um mestre
Postado em: Resenhas
Tags: , ,

Resenha – Ainda Estou Aqui
por Thiago
em 06/04/16

Nota:   Lançado em 15/08/2015, mais de trinta anos depois do grande sucesso “Feliz ano velho” (resenhado aqui, aqui e aqui), Marcelo Rubens Paiva  volta a nos contar sobre sua vida em “Ainda estou aqui”. Admiro muito autores que conseguem ter a coragem de expor questões tão pessoais, de maneira tão explícita, como Marcelo faz. Em
Postado em: Resenhas
Tags: , ,